Orçamento do Estado Costa: diz que elaboração de OE2017 começa antes do deste ano entrar em vigor  

Costa: diz que elaboração de OE2017 começa antes do deste ano entrar em vigor  

António Costa disse que "o trabalho que tem tido a equipa do Ministério das Finanças tem sido uma coisa absolutamente avassaladora", mas declarou que a equipa de Mário Centeno é "capaz de aguentar isto e bastante mais".
Costa: diz que elaboração de OE2017 começa antes do deste ano entrar em vigor  
Markku Rainer Peltonen
Lusa 06 de fevereiro de 2016 às 20:21

O primeiro-ministro disse hoje que o Orçamento do Estado para 2017 vai começar a ser delineado "praticamente antes" do documento deste ano entrar em vigor, uma vez que em Abril já haverá discussões sobre o Programa de Estabilidade.

 

"Temos de trabalhar com o calendário que é. Não vamos prorrogar o ano de 2016 para que este orçamento tenha 12 meses de vigência. Este orçamento está feito e desenhado para ser executado nos nove meses e o processo de elaboração do orçamento para 2017 começa praticamente antes mesmo de este entrar em vigor, visto que, em Abril, já teremos que estar a discutir o Programa de Estabilidade para os próximos três anos", afirmou o também secretário-geral do Partido Socialista (PS) numa sessão de esclarecimento sobre o Orçamento do Estado para 2016 organizada pelo partido.

 

António Costa, que respondia ao moderador da sessão, António Perez Metelo, sublinhou que a "data de entrada em vigor [do orçamento] depende não só do processo parlamentar, mas também do tempo que o novo Presidente da República utilizará para a promulgação".

 

"A última coisa que devemos fazer é, antes mesmo de o Presidente da República tomar posse, pressioná-lo sobre a promulgação do orçamento", afirmou o primeiro-ministro.

 

António Costa disse ainda que "o trabalho que tem tido a equipa do Ministério das Finanças tem sido uma coisa absolutamente avassaladora", mas declarou que a equipa de Mário Centeno é "capaz de aguentar isto e bastante mais".




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Este d.branca de manha nao consegue dizer como vai ser a tarde e vai agora Esbocar o orcamento para o proximo ano,antagonico.Num pais tao incerto,tao vago,tao irresponsavel,tao falso,tao pequeno,tao roto,TAO GORDO,com milhentos TAOS.

Anónimo Há 2 semanas

Sera que o d.branca esta a pensar que os cortes ao esboco se devem ao atraso dele?Ou vai procurar agora enfiar o do proximo ano no meio dos outros.Ainda nao percebeu que o torto nao passa por linhas direitas.Tudo que e prematuro e inacabado.

pub
pub
pub
pub