Impostos Fisco inspeccionou 3.600 oficinas de carros e levantou 150 autos

Fisco inspeccionou 3.600 oficinas de carros e levantou 150 autos

Esta terça-feira, a Autoridade Tributária e Aduaneira inspeccionou mais de 3.600 oficinas de manutenção e reparação de automóveis e motociclos. Desta operação, resultou o levantamento de 150 autos de notícia, nomeadamente devido à falta de factura.
Fisco inspeccionou 3.600 oficinas de carros e levantou 150 autos
Bruno Simão/Negócios
Ana Laranjeiro 13 de setembro de 2017 às 18:08

Nesta terça-feira, 12 de Setembro, a Autoridade Tributária e Aduaneira realizou uma operação de inspecção a oficinas de reparação e manutenção de automóveis e motociclos.

Foram alvo desta operação mais de 3.600 oficinas e foram instaurados cerca de 150 autos de notícia "designadamente por não emissão de factura; não observância dos requisitos formais dos documentos emitidos e não utilização de Programa de Facturação Certificado", revela o comunicado do ministério das Finanças, enviado às redacções.

O Fisco adianta, no mesmo documento, que estas oficinas vão continuar a ser "objecto de um rigoroso acompanhamento do seu comportamento declarativo", indo mesmo ser alvo de outras inspecções "nos casos em que que forem detectados elevados riscos de incumprimento".

Na operação de inspecção a mais de 3.600 oficinas participaram cerca de 570 inspectores da Autoridade Tributária.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Corretíssimo 13.09.2017

Este é um setor que movimenta centenas de milhões e que fogem ao fisco como enguias.Devem receber varias visitas ao longo do ano por parte do fisco.Há que moralizar o país no que respeita ao pagamento d impostos. O trabalhador p/ conta d outrem está asfixiado enquanto que os outros respiram à vontad

ccc 13.09.2017

Caça à arraia miúda, para desincentivar à criação de riqueza, querem-nos todos escravos e de mão estendida como na Venezuela. Entretanto a alto nível as malas com dinheiro seguem para a Suiça, Cayman, etc. sem controlo!

pub