Impostos Reembolsos de IRS já valem o dobro do ano passado

Reembolsos de IRS já valem o dobro do ano passado

Até 15 de Maio, o Fisco devolveu aos contribuintes 1.200 milhões de euros em IRS. Valor é o "dobro" do ano passado, anunciou o ministro das Finanças.
A carregar o vídeo ...
Marta Moitinho Oliveira 19 de maio de 2017 às 16:33
O ministro das Finanças revelou esta sexta-feira que a Administração Tributária devolveu aos contribuintes 1.200 milhões de euros em IRS até ao dia 15 de Maio. Este valor representa o "dobro" do valor reembolsado há um ano, avançou Mário Centeno.

Os números foram revelados no Parlamento pelo governante, que está a falar sobre várias matérias perante os deputados da comissão de Orçamento e Finanças.

"O valor reembolsado em IRS foi de 1.200 milhões de euros até 15 de Maio, o dobro do ano passado", disse o ministro.

Este valor é também bem superior aos reembolsos feitos até ao início deste mês. Num comunicado, a 4 de Maio, as Finanças revelaram que até ao dia 2 de Maio os reembolsos tinham somado 495 milhões de euros. 

O ministro falou ainda dos prazos mais rápidos de reembolsos em vários impostos. "Foram introduzidos procedimentos nos reembolsos de IVA e de IRS, que asseguram uma devolução mais rápida às empresas e às famílias. O prazo de reembolso reduziu-se em 2017 em todos os regimes do IVA. No regime normal reduziu-se em uma semana e é hoje inferior a 20 dias", disse.

A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 dias

Em 31 anos de descontos, 2016 foi o que mais carga fiscal teve!
Por outro lado, nem me atrevo a fazer contas ao assalto que me fizeram em impostos indiretos.
Cada vês que este gajo abre a boca deveria ser-lhe descarregado o alimento de uma Kalashnikov.

darkvader Há 4 dias

A política e a mentira andam sempre se braço dado.
Já lá vão mais de 30 dias e nada.

Anónimo Há 4 dias

Entreguei a 12 de Abril e até hoje nada recebi, pois tenho a receber segundo o simulador

Anónimo Há 4 dias

20 Dias ?
Para mim já lá vão talvez 40 dias e ainda estou a espera.

pub