IRS Afinal nem todas as despesas de educação entram no IRS
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
IRS

Afinal nem todas as despesas de educação entram no IRS

Os gastos com cantinas e transportes não têm lugar garantido na lista das deduções de educação ao IRS. Se a entidade que fornece os serviços não tiver a necessária classificação para efeitos fiscais, as facturas não contam, o que cria discriminações.
Afinal nem todas as despesas de educação entram no IRS
Miguel Baltazar
Filomena Lança 06 de janeiro de 2016 às 00:01

As despesas que teve ao longo do ano, com cantinas e refeitórios ou com a deslocação dos seus filhos para a escola, poderão não ser mesmo aceites como deduções ao IRS na rubrica de educaçã

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião16
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 06.01.2016

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78023

Escândalo: Em 2015, não são dedutíveis em IRS o Material Escolar, as Salas de estudo, os ATLs, os Centros de apoio escolar e as Refeições, porque tem IVA a 23% (Pode perder até 800 Euros).

Assina a petição pela alteração imediata desta Lei.
Esta regra, que se encontra em vigor no ano de 2015, vai fazer com que dezenas de milhar de famílias com filhos percam a maior parte do reembolso de despesas de educação em IRS, a receber em Maio (um valor que pode atingir os 800 Euros).

comentários mais recentes
Func.publico condenado a 48 anos trabalho/desconto 06.01.2016

ESCANDALO É IR PRA APOSENTAÇÃO COM 33 ANOS DE DESCONTOS AOS 60 ANOS -POLICIAS -GNR E NINGUEM DIZ NADA.

Álvaro 06.01.2016

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78023

Escândalo: Em 2015, não são dedutíveis em IRS o Material Escolar, as Salas de estudo, os ATLs, os Centros de apoio escolar e as Refeições, porque tem IVA a 23% (Pode perder até 800 Euros).

Assina a petição pela alteração imediata desta Lei.
Esta regra, que se encontra em vigor no ano de 2015, vai fazer com que dezenas de milhar de famílias com filhos percam a maior parte do reembolso de despesas de educação em IRS, a receber em Maio (um valor que pode atingir os 800 Euros).

Álvaro 06.01.2016

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78023

Escândalo: Em 2015, não são dedutíveis em IRS o Material Escolar, as Salas de estudo, os ATLs, os Centros de apoio escolar e as Refeições, porque tem IVA a 23% (Pode perder até 800 Euros).

Assina a petição pela alteração imediata desta Lei.
Esta regra, que se encontra em vigor no ano de 2015, vai fazer com que dezenas de milhar de famílias com filhos percam a maior parte do reembolso de despesas de educação em IRS, a receber em Maio (um valor que pode atingir os 800 Euros).

Anónimo 06.01.2016

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78023

Escândalo: Em 2015, não são dedutíveis em IRS o Material Escolar, as Salas de estudo, os ATLs, os Centros de apoio escolar e as Refeições, porque tem IVA a 23% (Pode perder até 800 Euros).

Assina a petição pela alteração imediata desta Lei.
Esta regra, que se encontra em vigor no ano de 2015, vai fazer com que dezenas de milhar de famílias com filhos percam a maior parte do reembolso de despesas de educação em IRS, a receber em Maio (um valor que pode atingir os 800 Euros).

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub