LEX Anuário da advocacia societária arranca para a sua 13.ª edição
LEX

Anuário da advocacia societária arranca para a sua 13.ª edição

No conjunto das suas edições, o In-Lex já deu a conhecer mais de 365 sociedades de todo o país.
Anuário da advocacia societária arranca para a sua 13.ª edição
O projecto In-Lex dá a conhecer o sector das sociedades de advogados há mais de uma década.
Negócios 02 de novembro de 2017 às 11:15
O directório de referência que retrata o sector da advocacia portuguesa organizada em regime societário contará no próximo ano com a sua 13.ª edição. O projecto a que o Negócios está associado conta com um período de inscrições, segundo o seu editor, João Moura, que se prolonga até dia 27 de Novembro.

No conjunto das suas edições, o In-Lex já deu a conhecer mais de 365 sociedades de todo o país - num total de 1.632 participações - aos principais decisores económicos nacionais e demais "stakeholders", posicionando-se como o directório nacional com maior representatividade.

"Consistência, singularidade e liderança de mais uma década são os aspectos que mais destacaria no projecto In-Lex, que avança agora para a sua 13.ª edição - o que por si só é um marco histórico. Fomos pioneiros nesta área e o único directório a comunicar o sector há 13 anos consecutivos. Ao longo de todos estes anos inovámos, aprendemos e crescemos, mas sempre fiéis aos valores basilares deste projecto: legalidade, igualdade, transparência e qualidade", sublinhou João Moura em declarações ao Negócios, adiantando ainda que em 2018 o seu propósito é "continuar a marcar a diferença".

O In-Lex 2018 será publicado em versão impressa, distribuída gratuitamente com o Negócios no início do ano, e terá a habitual versão online. João Moura sublinha que o directório contará ainda com a distribuição directa às 500 maiores empresas e faculdades de Direito do país, uma edição limitada Hardcover, uma edição ePaper e uma forte campanha de divulgação do lançamento em diversos meios de comunicação, nomeadamente no Negócios.

Outras frentes

O editor do In-Lex lembra, por outro lado, o facto de este projecto estar habitualmente associado, quer no âmbito do directório anual, quer através do júnior "In-Lex Student's Guide", aos eventos que são dinamizados para dinamizar o sector da advocacia, desde a conferência anual da Associação das Sociedades de Advogados de Portugal, ao Rock'in'Law, até aos denominados jobshops das principais Faculdades de Direito - certames destinados a promover o contacto dos alunos com o mundo do trabalho.

"Acredito que a presença regular da In-Lex nestes eventos é de extrema relevância, contribuindo para a promoção do sector junto dos seus 'stakeholders'", frisa João Moura.

O mesmo responsável observa, neste âmbito, que no mês de Outubro o projecto In-Lex esteve no jobshop da Faculdade de Direito de Lisboa e que o mesmo irá suceder no final de Novembro em idêntica iniciativa da Faculdade de Direito da Católica de Lisboa.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub