LEX Fusões e aquisições: "Os investidores querem um quadro estável e previsível"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
LEX

Fusões e aquisições: "Os investidores querem um quadro estável e previsível"

Sócios da PLMJ, Duarte Schmidt Lino e Tomás Pessanha dizem ao Negócios que as fusões e aquisições têm estado em alta no imobiliário e no turismo. Adiantam que estas operações estão a chegar a outros sectores.
Fusões e aquisições: "Os investidores querem um quadro estável e previsível"
Tomás Pessanha (à esquerda) e Duarte Schmidt Lino acreditam que as operações de fusões e aquisições se alarguem a outros sectores que não apenas o do imobiliário.
Miguel Baltazar
João Maltez 15 de março de 2018 às 09:51

No "ranking"  de 2017 da empresa Transactional Track Record, a  sociedade de advogados PLMJ surgiu como líder nacional no apoio jurídico a operações de fusões e aquisições. Duarte Schmidt

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub