Agente de Figo não se recorda quem é que tratou do encontro com Sócrates
22 Fevereiro 2013, 17:32 por Alexandra Machado | amachado@negocios.pt
6
Enviar por email
Reportar erro
O agente de Luis Figo diz que o encontro entre o ex-futebolista e José Sócrates foi tratado por uma pessoa do gabinete do ex-primeiro-ministro. Mas não se recorda quem.

Miguel Macedo, agente de Luis Figo para o contrato de cedência de imagem, que mediou o pequeno-almoço de Figo com José Sócrates, disse em tribunal não se recordar quem é que do gabinete de Sócrates tratou desse encontro.

 

O responsável disse que falou com várias pessoas para acertar a logística mas não se lembra de nenhum nome.

 

Miguel Macedo diz que, no entanto, não gosta que os seus clientes se envolvam em campanhas políticas. Mas essa é uma decisão dos próprios. E o apoio de Figo a Sócrates foi uma decisão pessoal. Apesar disso, assumiu que não disse a Figo a sua posição.

 

Miguel Macedo assumiu que foi ele que passou a Figo o pedido de entrevista do Diário Económico, admitindo ter enviado a entrevista a várias pessoas.

 

Miguel Macedo garantiu que não falou com Rui Pedro Soares de política. 
 

Miguel Macedo está a prestar declarações no âmbito do caso Taguspark, um processo que remonta a 2009/2010. Os arguidos (Rui Pedro Soares, Américo Thomati e João Carlos Silva) são acusados de corrupção passiva para acto ilícito. Isto porque a acusação entendeu que no âmbito das suas funções na Taguspark foi feito um contrato com Luís Figo, por esta empresa, mas cujo objectivo último era apoiar a campanha eleitoral de José Sócrates. Os arguidos chegam a tribunal porque foi entendido que a Taguspark era uma empresa pública. Só os funcionários públicos podem responder por corrupção passiva para acto ilícito.

6
Enviar por email
Reportar erro
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: