24 de Julho, 01:48
Portugal disponível para acordo que acabe com dupla tributação com Angola
O vice-primeiro-ministro português, Paulo Portas, anunciou na quinta-feira a disponibilidade de Portugal para uma convenção com Angola que acabe com a dupla tributação entre os dois países, avançando também com um acordo de protecção dos investimentos comuns.
23 de Julho, 18:57
Paulo Portas: Portugal não vai "dar de bandeja" lugar que pode ocupar em Angola
O vice-primeiro ministro português, Paulo Portas, avisou que Portugal não está disposto a "dar de bandeja" o lugar que pode ocupar em Angola, justificando a importância da diplomacia económica no actual contexto internacional, focado naquele país africano.
23 de Julho, 17:07
Académicos dizem que é "eticamente condenável" fazer negócios com Angola
Um grupo de 17 académicos publicou esta quinta-feira uma carta no Le Monde Afrique onde denunciam aquilo que classificam como uma "deriva autoritária" do Governo de Angola. E pedem à Europa e aos EUA que mudem o seu relacionamento com Luanda.
22 de Julho, 09:48
Remessas de Angola caem para valor mais baixo desde 2011
Em Maio deste ano, os emigrantes portugueses em Angola enviaram para Portugal 12,48 milhões de euros, o valor mais baixo desde Setembro de 2011, noticia hoje o Diário Económico.
21 de Julho, 10:26
Angola com novas regras para facilitar investimento privado
A revisão da lei do investimento provado, que será aprovada esta semana pelo Parlamento angolano, vai facilitar o repatriamento de lucros e dividendos. Investimento até 10 milhões de dólares passam a ser aprovados directamente pelos Ministérios que tutelam os sectores onde se quer investir.
12 de Julho, 19:43
Sonangol rejeita cenário de bancarrota
A petrolífera angolana rejeita qualquer cenário de "falência técnica" ou de "bancarrota" e afirma ter capital suficiente para satisfazer todas as obrigações de curto prazo. A Sonangol diz que vai manter o seu plano de investimentos avaliado em seis mil milhões de euros.
03 de Julho, 10:11
Eduardo dos Santos considera imprudente deixar o poder antes de 2017
José Eduardo dos Santos afastou uma saída da Presidência antes do fim do mandato. “Em certos círculos restritos era quase um dado adquirido que o Presidente da República não levaria o seu mandato até ao fim, mas é evidente que não é sensato encarar esta opção”, afirmou.
02 de Julho, 22:02
Hollande pede apoio dos franceses para a diversificação da economia angolana
O Presidente da França, François Hollande, apelou hoje, em Luanda, ao apoio da comunidade francesa à diversificação da economia angolana, no arranque de uma visita oficial a Angola.  
02 de Julho, 14:40
Angola aplica taxa de 10% a algumas transferências para o exterior
  O Estado angolano vai aplicar uma Contribuição Especial de 10% às transferências de divisas para exterior em contratos de prestação de serviços de assistência técnica estrangeira ou de gestão, travando a fuga de capitais.
02 de Julho, 14:34
Eduardo dos Santos: Angola aumenta despesa pública no segundo semestre de 2015
O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, anunciou esta quinta-feira um aumento da despesa pública no segundo semestre deste ano, depois dos cortes na revisão do Orçamento Geral do Estado (OGE) devido à crise da cotação internacional do petróleo.
11 de Junho, 15:43
Economist: Angola deve recomeçar a atrasar-se nos pagamentos aos fornecedores  
Os analistas da Economist Intelligence Unit consideraram hoje que é provável que Angola recomece a somar atrasos nos pagamentos do Estado e das empresas públicas ao sector privado por causa da desvalorização da moeda nacional, o kwanza.
10 de Junho, 13:25
Empresa de diamantes angolana quer indemnização de 6 mil milhões de dólares do Estado português
A empresa nacional de diamantes angolana (Endiama) exige ao Estado português e a duas empresas públicas nacionais uma indemnização de seis mil milhões de dólares, no diferendo que opõe a concessionária angolana à portuguesa SPE.
09 de Junho, 12:10
Moody's: Angola foi o país africano mais afectado pela queda do petróleo
    Angola foi o país africano mais afectado pela descida do preço do petróleo, que piorou as contas públicas, o que torna a sustentabilidade da dívida mais problemática, considerou a vice-presidente da Moody's para o crédito soberano.
pub