Américas Revogação da Obamacare vai deixar 18 milhões sem seguro de saúde

Revogação da Obamacare vai deixar 18 milhões sem seguro de saúde

A Lei da Cobertura Médica Acessível, conhecida como Obamacare, foi uma das prioridades do Presidente cessante dos Estados Unidos, Barack Obama, quando chegou à Casa Branca e tem sido questionada sucessivamente pela oposição republicana.
Revogação da Obamacare vai deixar 18 milhões sem seguro de saúde
Reuters
Lusa 18 de janeiro de 2017 às 07:29
A revogação por parte dos republicanos da reforma da saúde, conhecida como Obamacare, vai deixar 18 milhões de pessoas sem seguro de saúde em 2017, indicou terça-feira a Agência do Congresso para o Orçamento (CBO).

A CBO, um órgão não partidário do Congresso, assegura que se for adicionada à reforma a eliminação dos subsídios e o aumento da Medicaid, que fornece seguros às famílias de baixos recursos, o número de pessoas sem seguro de saúde será de 32 milhões até 2026.

A Lei da Cobertura Médica Acessível, conhecida como Obamacare, foi uma das prioridades do Presidente cessante dos Estados Unidos, Barack Obama, quando chegou à Casa Branca e tem sido questionada sucessivamente pela oposição republicana.

Os dados da CBO aumentam a pressão sobre os republicanos, que contam agora com a maioria no Congresso e o Presidente eleito, Donald Trump, para apresentar uma alternativa depois da revogação da Obamacare, como prometeram.

Até ao momento, tanto o Presidente eleito, Donald Trump, como os líderes republicanos não apresentaram detalhes específicos sobre o plano que vão apresentar para substituir a Obamacare.



pub