Ásia Comunicação social norte-coreana considera desnuclearização um "novo marco"

Comunicação social norte-coreana considera desnuclearização um "novo marco"

Os meios de comunicação social norte-coreanos classificaram hoje como um “novo marco” o resultado da cimeira entre as duas Coreias ocorrido na sexta-feira na zona desmilitarizada que separa os dois países.
Comunicação social norte-coreana considera desnuclearização um "novo marco"
Reuters
Lusa 28 de abril de 2018 às 10:26

Depois de um silêncio de praticamente 24 horas em torno do assunto, a comunicação social estatal norte-coreana mencionou o compromisso incluído na declaração conjunta de alcançar a "completa desnuclearização" da península.

"Coreia do Norte e Coreia do Sul afirmaram o objetivo comum de conseguir uma península da Coreia não nuclear através da sua completa desnuclearização", afirmou a agência estatal de Pyongyang KCNA.

Na sua notícia, esta agência assegura que os dois países partilham a ideia de que "as medidas adotadas pelo Norte e pelo Sul são significativas para a desnuclearização da península da Coreia", pelo que ambos "acordaram cumprir com as respectivas responsabilidades no futuro".

Os meios de comunicação de Pyongyang sempre louvaram o programa nuclear do país, considerando-o motivo de orgulho para os cidadãos e uma garantia de sobrevivência para o regime.

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, selaram na sexta-feira, na zona sul da linha que demarca os dois países no paralelo 38, um acordo que estipula uma nova era que ponha fim ao estado de guerra que os dois países desde o armistício assinado em 1953.

Noutra notícia, a agência KCNA classifica como "um novo marco" os esforços conjuntos para a prosperidade e a reunificação das Coreias.

 




pub