Mundo Furacão Irma a caminho da Florida a 240 km/hora

Furacão Irma a caminho da Florida a 240 km/hora

O furacão Irma, que se aproxima a 240 km/hora da Florida, fez também tremer as bolsas norte-americanas, com destaque para os títulos das seguradoras e das operadoras de cruzeiros.
Furacão Irma a caminho da Florida a 240 km/hora
Negócios 05 de setembro de 2017 às 22:04

O furacão Irma, que se aproxima a grande velocidade da Florida, está a provocar grandes inquietações nos Estados Unidos.

 

Numa altura em que o Texas, com relevo para a região de Houston, ainda lida com a devastação provocada pelo furacão Harvey, a Florida prepara-se agora para um forte embate, com a chegada do furacão Irma a 240 quilómetros por hora.

O governador do Estado da Florida, Richard Lynn Scott, declarou estado de emergência e já foi também ordenada a evacuação do condado de Monroe – que é onde se prevê a "aterragem" deste furacão de categoria 5.


"O furacão Irma tornou-se a mais potente tempestade a formar-se no Oceano Atlântico, a caminho da Florida com uma perspectiva de danos materiais que poderão superar os do furacão Katrina", refere a Bloomberg.

A aproximação do Irma está também a criar incertezas e inquietações juntos dos investidores, o que levou a que determinados sectores passíveis de serem mais afectados caíssem hoje em bolsa.

Os títulos mais pressionados pelos receios em torno do furacão Irma foram, em Wall Street, os das companhias de seguros. O Barclays estima que as perdas de bens segurados, no pior cenário, poderão ascender a 130 mil milhões de dólares.

Também as operadoras de cruzeiros no Sul da Florida estiveram a perder terreno, com destaque para a Carnival Corp., Royal Caribbean Crises e Norwegian Cruise Line Holdings.

 

 

 




pub