Mundo Medvedev: relações entre a Rússia e o Ocidente entraram numa "nova Guerra Fria"

Medvedev: relações entre a Rússia e o Ocidente entraram numa "nova Guerra Fria"

O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, afirmou hoje que as relações entre a Rússia e o Ocidente entraram numa "nova Guerra Fria".
Medvedev: relações entre a Rússia e o Ocidente entraram numa "nova Guerra Fria"
Reuters
Lusa 13 de fevereiro de 2016 às 14:40

"Podemos dizer as coisas claramente: deslizámos para um período de uma nova Guerra Fria", declarou Medvedev numa conferência sobre segurança a decorrer na cidade alemã de Munique.


No contexto das tensões provocadas pelo conflito na Ucrânia e do apoio de Moscovo ao regime sírio, Dmitri Medvedev disse que "o que resta é uma política de inimizade da NATO [sigla em inglês da Organização do Tratado do Atlântico Norte] em relação à Rússia".

"Quase todos os dias, somos acusados de fazer novas ameaças terríveis contra a NATO como um todo, contra a Europa ou contra os Estados Unidos ou outros países", disse.


Medvedev criticou também o alargamento da NATO e da influência da União Europeia a países europeus que integraram a antiga União Soviética desde o fim da Guerra Fria.


A Guerra Fria correspondeu a um período de tensão política e militar entre os blocos liderados pelos Estados Unidos e pela União Soviética, entre o fim da II Guerra Mundial e a queda do muro de Berlim, em 1989.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 13.02.2016

Ja la vao 70 anos sem festa na Europa; agora que a confuzao e tanta e a America foi dominada; esta na altura certa para a brincadeira

comentários mais recentes
Anónimo 14.02.2016

OS DITADORES RUSSOS ESTÃO A VER O CHÃO A ESCAPAR DEBAIXO DOS PÉS RAPIDAMENTE E O POVO RUSSO ESTÁ A COMEÇAR A PASSAR FOME, VAI HAVER UMA NOVA REVOLUÇÃO NA RÚSSIA CERTAMENTE. ESTES REGIMES TEM SEMPRE UM TRISTE FIM, A HISTÓRIA ESTÁ CHEIA DE EXEMPLOS.

Anónimo 13.02.2016

Mal vai aquele que quer que lhe deiem a importancia que nao tem.Este russo estava ha espera que se passa-se uma esponja por cima da borrada que fizeram com a Ucrania.Actua sozinho para mostrar supermacia,diz o ditado:juntos somos mais fortes.

Anónimo 13.02.2016

Ja la vao 70 anos sem festa na Europa; agora que a confuzao e tanta e a America foi dominada; esta na altura certa para a brincadeira

pub
pub
pub
pub