Mundo Turquia contesta na OMC tarifas impostas pelos EUA ao aço e alumínio

Turquia contesta na OMC tarifas impostas pelos EUA ao aço e alumínio

A Turquia apresentou queixa na Organização Mundial do Comércio (OMC) a contestar as taxas aduaneiras impostas ao aço e ao alumínio pelos Estados Unidos, segundo um documento divulgado hoje.
Turquia contesta na OMC tarifas impostas pelos EUA ao aço e alumínio
Lusa 20 de agosto de 2018 às 17:16

A Turquia pediu formalmente a abertura de "consultas" com os Estados Unidos sobre as tarifas de 25% para o aço e de 10% para o alumínio, numa primeira etapa para a resolução dos diferendos.

 

Ancara considera que as medidas comerciais restritivas "são incompatíveis com um certo número de disposições" da OMC e espera agora uma resposta dos Estados Unidos tendo em vista estabelecer uma data para iniciar consultas, indica o documento distribuído aos membros da organização.

 

Vários membros da OMC já recorreram à organização para contestar as taxas norte-americanas, incluindo União Europeia, China, Rússia, México e Canadá.

 

Segundo as regras da OMC, se passarem 60 dias sem consultas que levem a uma resolução do conflito, a Turquia pode pedir à organização que estabeleça um procedimento de arbitragem, dando início a um longo processo que pode durar anos.




Saber mais e Alertas
pub