Política Cristas não exclui novo Governo PSD/CDS mas considera pouco provável com actual líder do PS

Cristas não exclui novo Governo PSD/CDS mas considera pouco provável com actual líder do PS

A candidata à liderança dos centristas Assunção Cristas não exclui que no actual quadro parlamentar seja possível "devolver a bola" ao PSD e CDS para governar, apesar de considerar pouco provável com o actual líder do PS.
Cristas não exclui novo Governo PSD/CDS mas considera pouco provável com actual líder do PS
Bruno Simão
Lusa 26 de fevereiro de 2016 às 19:42

"No actual quadro parlamentar houve uma coligação que ganhou eleições e se por ventura, num cenário pouco provável, vier a acontecer alguma mudança do lado do PS, eu acho que é sempre possível devolver a bola à coligação que ganhou as eleições e verificar se há condições para a governação e, nesse caso, certamente que o CDS lá estará", afirmou Assunção Cristas.

 

Na sede nacional do CDS, em Lisboa, durante a apresentação da sua moção de estratégia global ao 26.º Congresso, Assunção Cristas ressalvou, contudo, duvidar "que seja sequer possível ou sequer provável com o actual líder do PS".

 

"A minha convicção é que o CDS deverá ir sozinho a eleições, de maneira a poder crescer e contribuir mais activamente para um Governo de centro-direita no nosso país", defendeu Assunção Cristas.

 

A ex-ministra da Agricultura não excluiu, por outro lado, considerar a realização de primárias abertas para a escolha dos candidatos à Assembleia da República, uma discussão lançada pela moção de João Almeida e Adolfo Mesquita Nunes, e hoje divulgada.

 

"O partido tem feito trabalho relevante conseguindo ter um belíssimo grupo parlamentar, certamente que podemos melhorar os métodos de escolha e esse é um debate que caberá a seu tempo no Congresso e posteriormente também", respondeu, quando questionada pelos jornalistas sobre a realização de primárias. 




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Pseudo argumentos 27.02.2016

Quando este partido for a eleições espero que não votem nele.

Sempre não 27.02.2016

CDS
Partido que não me interrssa.

Esquerda escola de sabujos mal educados 27.02.2016

Como há gente tão deselegante, como é possível a um ser educado e civilizado, chamar miss Piggi a uma senhora elegante e educada? Só mesmo gente da ralé se atreve a tanto, gente sem qualquer educação. nem mesmo um fanático politico, deve descer tão baixo. Está tudo dito, são sujos

. 26.02.2016

.

ver mais comentários
pub