Política Jerónimo de Sousa desafia PS, PSD e CDS a aprovar reposição das freguesias

Jerónimo de Sousa desafia PS, PSD e CDS a aprovar reposição das freguesias

O secretário-geral do PCP desafiou o PS, PSD e CDS a "aprovarem, num futuro próximo", a reposição do projecto de freguesias que há um ano vetaram, devolvendo o poder local às populações.
Jerónimo de Sousa desafia PS, PSD e CDS a aprovar reposição das freguesias
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 13 de setembro de 2017 às 23:58

Discursando no comício de apoio à cabeça-de-lista da CDU à autarquia da Maia, Ana Virgínia, o líder comunista Jerónimo de Sousa disse querer o reforço da proximidade do poder local às populações, "garantindo maior participação e resposta aos problemas locais com a devolução das freguesias liquidadas pelo governo do PSD/CDS".

 

"Desafiamos o PS, PSD e CDS a aprovarem num futuro próximo o que há menos de um ano rejeitaram, quando o PCP apresentou um projecto de reposição das freguesias que respeitasse a vontade das populações e dos órgãos autárquicos", disse.

 

Defendendo a aprovação do projecto de lei do PCP de uma nova lei de finanças locais "para assegurar a reposição da capacidade financeira dos municípios e freguesias", Jerónimo de Sousa considerou-o "um reforço essencial para assegurar o exercício das suas competências, novos investimentos, melhores serviços públicos, mais oferta cultural e desportiva".

 

"Sabemos que estamos aquém do que é necessário para melhorar as condições de vida dos trabalhadores e do povo", disse numa alusão à realidade do país, argumentando que não sendo ainda o que "é justo e se impõe", há avanços, graças à iniciativa da CDU e do seu papel no "quadro das alterações verificadas na composição da Assembleia da República e da sua acrescida influência condicionadora das opções políticas."

 

Elencando algumas das "vitórias" comunistas no diálogo com o Governo, o líder do PCP lembrou entre outros "a gratuitidade dos manuais escolares a todos os alunos do I Ciclo, cerca de 370 mil, no ano lectivo que agora se inicia".

 

Lembrando o "aumento extraordinário das pensões de reforma, abrangendo mais de dois milhões de reformados com pensões até 631 euros", o líder comunista afirmou que se há uma conclusão a tirar da derrota do governo do PSD/CDS é aquela que "mostra o estrondoso desastre do caminho seguido por sucessivos governos nos últimos anos, e que teve na política do anterior governo a sua versão mais violenta e perniciosa".

 

"Isso está patente na evolução da situação económica e social e nos seus indicadores sobre o crescimento e o emprego", frisou Jerónimo de Sousa, num comício que juntou na Maia cerca de uma centena de pessoas.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
jose almeida Há 6 dias

Camarada, não só dois terços das fraguesias mas também 50% das camaras só se justificam como ninhos de gente sem função ao serviço da partidarite. Encher a boca com o poder local, sem sentir nem ver o Povo; é pintá-lo segundo os interesses das clientelas. Nem o país nem o contribuinte são ricos.

Costa R. Há 6 dias

Costa é pior que um comunista. Costa dá tudo (o que é dos outros) para ser 1.º Ministro. Tanta visita à prisão, eles até se acotovelavam, deu nisto. Vem aí a parede e não deverá faltar muito.

Sim? Há 6 dias

Sim? Oh jericónimo. Deixa-te de mherdas. Se tens muitos camaradas desempregados ou desentachados cria uma empresa e dá-lhes trabalho. E que tal reduzir para menos de metade também os concelhos, que só servem para promover caciquismo, sorver recursos e sustentar afilhados parasitas?

Esquerda =Lixo Há 6 dias

Este retrogrado e demagogo só diz merda na busca de mais um voto ou dois no seio de um publico alvo desinformado.
Deviam proibir estes discuros. ..

ver mais comentários
pub