Política PS desce nas intenções de voto. PSD e BE sobem

PS desce nas intenções de voto. PSD e BE sobem

A Eurosondagem Expresso/SIC revela uma descida das intenções de voto no PS, ao passo que o PSD e o Bloco de Esquerda assinalam ligeiras variações positivas.
PS desce nas intenções de voto. PSD e BE sobem
Lusa
Negócios 14 de setembro de 2018 às 19:17

Os resultados do estudo da Eurosondagem Expresso/SIC, realizado entre 5 e 12 de Setembro, revelam que não há variações assinaláveis nas intenções de voto em relação ao inquérito realizado há dois meses, sublinha o semanário na sua edição online desta sexta-feira.

 

O PS desce 0,6 pontos percentuais para 41,4% das intenções de voto, ao passo que o PSD de Rui Rio apresenta uma ligeira subida de 0,2% para 27,5% – sem que as críticas ao líder social-democrata tenham abalado a confiança no partido.

 

Já o "caso Robles" – deputado bloquista que se demitiu depois de ter especulado no mercado imobiliário, contradizendo assim o que o partido defendia – não lesou o Bloco de Esquerda, que registou uma subida marginal nas intenções de voto: 0,1%, para 8%.

 

Por seu lado, o CDS de Assunção Cristas, com 7,7% das intenções de voto, regista uma subida de 0,2 pontos percentuais face à sondagem de há dois meses.

 

A CDU recuou 0,4 pontos percentuais para 6,9%, ao passo que o PAN (Pessoas-Animais-Natureza) se manteve em 0%.

"A popularidade dos líderes continua estável, com Marcelo Rebelo de Sousa ultrapopular como sempre, António Costa bem posicionado e Rui Rio com uma quebra muito ligeira", sublinha o Expressso.

O Presidente da República registou uma subida de 0,1 pontos percentuais na popularidade, para 64,3%. Já o primeiro-ministro viu a variação descer 0,5 pontos percentuais para 33,7%. O líder do PSD registou uma quebra de 1 ponto percentual para 9,9%.




pub