Política PS sobe nas intenções de voto

PS sobe nas intenções de voto

O PSD também registou um crescimento ligeiro, enquanto a CDU é a força política mais penalizada, conclui-se na sondagem da Aximage.
PS sobe nas intenções de voto
Paulo Duarte/Negócios
Celso Filipe 17 de maio de 2013 às 17:06

O PS subiu na intenção de votos legislativo em Maio, face a Abril. No mesmo período, o PSD também registou um crescimento ligeiro, enquanto a CDU é a força política mais penalizada, conclui-se na sondagem da Aximage – barómetro eleitoral de Maio de 2013, realizada para o Negócios e o Correio da Manhã.

 

Em Maio, a intenção de voto no PS situa-se nos 35,5% (32,6% em Abril) enquanto o PSD obtém um resultado de 26,2% (25,3% em Abril) Já a CDU, baixa dos 12% em Abril, para 9,4% em Maio.

 

O nível de abstenção, por seu turno continua elevado, situando-se em 41,9% em Maio. Em Abril era de 46,7%.

 

A intenção de voto legislativo em Maio, de acordo com o universo dos inquiridos pela Aximage, é a seguinte:

 

PS: 35,5%

PSD: 26,2%

CDS/PP: 9,5%

CDU: 9,4%

BE: 6,9%

Abstenção: 41,9%

O/B/N*: 8,7%

Indecisos: 3,8% 

 

*O/B/N corresponde a “outro(s)”, “votos em branco” e “votos nulos”

 

 

 

FICHA TÉCNICA

Universo: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.

 

Amostra: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 604 entrevistas efectivas: 277 a homens e 327 a mulheres; 138 no interior, 260 no litoral norte e 206 no litoral centro sul; 167 em aldeias, 215 em vilas e 222 em cidades.  proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.

 

Técnica: Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido nos dias 7 a 10 de Maio de 2013, com uma taxa de resposta de 81,2%.

 

Erro probabilístico: Para o total de uma amostra aleatória simples com 604 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma “margem de erro” - a 95% - de 4,00%).

 

Responsabilidade do estudo: Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.

 

 




A sua opinião20
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado fmelosousa 17.05.2013

Acho que o Portas e o Seguro deviam governar os dois em coligação. Populismo trailiteiro, é o que o povinho gosta. 500€ por mês é o que o povinho merece ganhar. Assim é a democracia, o sistema que garante que um povo tem apenas aquilo que merece e nada mais.

comentários mais recentes
Poseidon 20.05.2013

Tenho muitas dúvidas quanto à representatividade estatistica da amostra porque me parece que o PSD nem 20% de votos vai ter mas cá estaremos para ver.

Fuinha 18.05.2013

É curioso como tantos de nós comentadores dizemos "eles" os políticos, "ele" o povinho, "eles" os governantes, "eles" os incompetentes... etc, etc, etc Afinal onde encaixamos nós? De facto "eles", todos "eles", não são mais do que gente portuguesa onde nos incluímos todos. Na prática são Políticos eleitos por nós, Governantes que lá colocamos, Incompetentes que saíram do meio de todos nós, Povinho ao qual todos pertencemos. Quer queiramos quer não, todos fazemos parte de um Povo, e em democracia é assim mesmo. É o seu maior defeito e por causa dele produzem-se comentários demagógicos, populistas, radicais, extremistas, de solução final, com laivos de ditadura. Por mim, não obrigado!

Anónimo 18.05.2013

Abstençao ganha com 41,9%, quase tem maioria absoluta. Todos os políticos que temos são muito fracos.

xtech 18.05.2013

O povo gosta é de "pão e circo" já diziam os romanos. Com o PS temos circo... não temos é pão. Coveiros da nação por 3x, não sei como é que ainda há pessoas que votam no PS. PS = BANCARROTA.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub