Política Sondagem: Assunção Cristas à frente de Nuno Melo com 41,8% na luta pelo CDS

Sondagem: Assunção Cristas à frente de Nuno Melo com 41,8% na luta pelo CDS

A ex-ministra do Mar é a preferida dos portugueses para liderar o CDS. De acordo com uma sondagem da Aximage, Assunção Cristas recolhe 41,8% das preferências, enquanto Nuno Melo regista 31,5%. A maioria dos eleitores do CDS prefere Cristas.
Sondagem: Assunção Cristas à frente de Nuno Melo com 41,8% na luta pelo CDS
Miguel Baltazar/Negócios
Bruno Simões 08 de janeiro de 2016 às 08:00

A sucessão de Paulo Portas na liderança do CDS parecia encaminhada para Nuno Melo, mas Assunção Cristas é a figura que mais convence os portugueses. De acordo com a sondagem da Aximage para o Negócios e o Correio da Manhã sobre a liderança do CDS, a ex-ministra do Mar recolhe 41,8% das preferências dos 602 inquiridos, enquanto Nuno Melo se fica pelos 31,5%. Cristas deixa assim Nuno Melo a uma distância considerável.

 

Até agora, nem Nuno Melo nem Assunção Cristas anunciaram que são candidatos à liderança do CDS. O eurodeputado vai fazê-lo no início da próxima semana. Cristas ainda não se pronunciou publicamente sobre o assunto, mas o Expresso noticiou que só avança se Nuno Melo não entrar na corrida.

 

O estudo da Aximage atribui ainda 3,2% das preferências a João Almeida, o vice-presidente do CDS que já se colocou de fora da corrida pela liderança do partido. O estudo atribui ainda 12,9% de preferências a outros nomes, que não são especificados, mas onde se estima que esteja incluído, pelo menos, o de Pedro Mota Soares, que também já terá comunicado, segundo o Expresso, que não se vai candidatar à liderança do CDS.

 

O resultado de Assunção Cristas é especialmente esmagador quando se consideram apenas os eleitores do CDS, que lhe atribuem 51,3% das preferências. Nuno Melo apenas convence 27,5% dos inquiridos que votam no seu partido. Aliás, o eurodeputado só consegue recolher mais apoio que Cristas junto dos eleitores do PSD, que lhe atribuem 43,4% das preferências, face a 41,1% de social-democratas que apoiam a eventual adversária.

 

À excepção do PSD, Assunção Cristas é a preferida dos eleitores de todos os restantes partidos. Além de recolher o apoio esmagador dos inquiridos do CDS, a ex-ministra também pontua especialmente bem junto dos eleitores da CDU, que lhe atribuem 46,1% das preferências (Melo recolhe 24,7% dos votos dos inquiridos que votam nesta coligação do PCP com o PEV).

 

Melo convence idosos a Norte, Cristas jovens a Sul

 

Olhando à distribuição dos resultados pelo país, Nuno Melo esmaga na região de onde é natural – Litoral Norte, onde deixa Assunção Cristas a grande distância, e no Litoral Centro. Já a ex-ministra obtém os melhores resultados na região do Sul e Ilhas e na Área Metropolitana de Lisboa – em ambos os casos com um resultado duas vezes melhor que o de Nuno Melo.

 

O estudo da Aximage nota que Assunção Cristas é a preferida tanto de homens como de mulheres, e indica que é a candidata preferida dos inquiridos até 64 anos – o resultado é especialmente expressivo junto dos que têm entre 18 e 34 anos (recolhe 48,3% das preferências). Já Nuno Melo só consegue recolher mais apoio que Cristas junto dos inquiridos com mais de 65 anos – mas por uma margem pequeníssima: 32,8% contra 32,1% que apoiam Cristas.

 

Assunção Cristas também recolhe a maioria das preferências junto dos eleitores com mais do que o 12º ano.

 

Portas fez bem em sair do CDS

 

O estudo perguntou ainda aos 602 inquiridos se concordam com a saída de Paulo Portas do CDS. A esmagadora maioria, 71,8%, considera que Portas fez bem em sair da liderança do partido, enquanto 19,6% dos inquiridos considera que fez mal. Uma ínfima minoria avalia com "assim-assim" a decisão de Portas.

 

O congresso para eleger a nova liderança do CDS vai ser convocado esta sexta-feira, durante a reunião do Conselho Nacional do partido. É expectável que se venha a realizar em Março ou Abril.

Ficha técnica da sondagem
Universo: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.
Amostra: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 602 entrevistas efectivas: 289 a homens e 313 a mulheres; 59 no Interior Norte Centro, 78 no Litoral Norte, 100 na Área Metropolitana do Porto, 120 no Litoral Centro, 173 na Área Metropolitana de Lisboa e 72 no Sul e Ilhas; 105 em aldeias, 165 em vilas e 329 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.
Técnica: Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido entre os dias 3 e 6 de Dezembro de 2015, com uma taxa de resposta de 85,3%.
Erro probabilístico: Para o total de uma amostra aleatória simples com 602 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma "margem de erro" - a 95% - de 4,00%).
Responsabilidade do estudo: Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.



A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
investidor1 Há 1 semana

Muito obrigado!
http://goo.gl/forms/510yTQJquE

investidor1 Há 1 semana

Muito Obrigado!

http://goo.gl/forms/510yTQJquE

emilio agueda Há 2 semanas

Se a cristãs avançar vai ter o mreu voto e vou mudar de partido.?

Anónimo Há 2 semanas

Não sou CDS, mas o betinho que vive desde sempre à custa dos contribuintes sem fazer nada, nunca

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub