Eleições Primeira derrota "acaba" com o político Menezes
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Primeira derrota "acaba" com o político Menezes

Luís Filipe Menezes poderá ter dito adeus à política naquela que foi a sua primeira vez na pele de derrotado numa disputa eleitoral. Não garante ficar vereador.
Primeira derrota "acaba" com o político Menezes
Rui Neves 30 de setembro de 2013 às 01:42

"Acabou para a política. Faz em Novembro 60 anos, vai entregar os papéis para a reforma!" Ao bater das 21 horas da noite eleitoral, um dos elementos mais próximos de Luís Filipe Menezes, confidenciava ao Negó

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião44
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Manuel Vieira 30.09.2013

Não tenham pena !!! Encheu bem os bolsos durante estes anos ... Ele e o resto da familia ... Não tenham pena...

comentários mais recentes
vilacondense II 03.10.2013

Ainda bem! Já metia fastio mas os portuenses puseram-no no seu devido lugar - derrotado em totoda a linha.

Anónimo 01.10.2013

Reforma aos 60 anos... Não está mal

a 30.09.2013

vai bié e leva o imbecil e impertigado do teu filho que é outro mamão como tu. Vão os dois brincar para o Portugal dos pequeninos que a politica é para gente grande.

carmom 30.09.2013

Quem permitiu que ele se candidata-se,é tão culpado como ele.Bem sei que ele se antecipou,mas como deixaram outros candidatar-se como
independentes deviam ter feito o mesmo.Se fosse candidato independente
nem 10% teria.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub