Presidenciais Marisa Matias é a mulher mais votada de sempre em presidenciais

Marisa Matias é a mulher mais votada de sempre em presidenciais

A candidata do Bloco de Esquerda ultrapassou a única mulher candidata às presidenciais que a antecedeu. Maria de Lurdes Pintasilgo obteve 419 mil votos em 1986.
Marisa Matias é a mulher mais votada de sempre em presidenciais
Paulo Duarte
Bruno Simões 25 de janeiro de 2016 às 02:11

Marisa Matias tornou-se este domingo a mulher mais votada de sempre em eleições presidenciais. A candidata do Bloco de Esquerda, uma das surpresas do acto eleitoral, recolheu 10,1% dos votos, o que corresponde a 479 mil votos. É um resultado que bate a melhor marca até então registada nas eleições para a Presidência da República, e também a única, nas eleições de 1986.

 

Nesse ano, Maria de Lurdes Pintasilgo, que havia sido primeira-ministra num dos Governos de iniciativa presidencial de Ramalho Eanes, foi candidata independente às presidenciais de 1986, consideradas como as mais disputadas de sempre, e obteve 7,4% dos votos na primeira volta das eleições, o que correspondeu a 419 mil votos. Na segunda volta, a única do em eleições do género em democracia, Mário Soares venceu Diogo Freitas do Amaral.

 

Maria de Lurdes Pintasilgo tinha sido, até este domingo, a primeira e única candidata presidencial desde o 25 de Abril. Depois das eleições de ontem, passaram a ser três as candidatas que disputaram o palácio de Belém, com as candidaturas de Marisa Matias e Maria de Belém.

 

Maria de Belém recolheu 4,2% dos votos, o equivalente a perto de 197 mil votos. Graça Castanho e Manuela Gonzaga anunciaram a intenção de se candidatarem às eleições presidenciais, mas acabaram por não levar a candidatura até ao fim.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 25.01.2016

São uma glutonas estas miúdas, já paparam o PC e uma boa fatia do PS.

pub
pub
pub
pub