Rendas Como preencher a declaração anual de rendas

Como preencher a declaração anual de rendas

A regra é que cada titular de rendimentos preencha uma declaração modelo 44. Mesmo que sejam casados ou o prédio esteja numa herança indivisa e pertença ainda a vários herdeiros, cada um terá de comunicar as rendas relativas à sua quota parte.
Como preencher a declaração anual de rendas
Bruno Simão/Negócios
Filomena Lança 17 de Janeiro de 2016 às 15:00

Como se identifica o proprietário?

A identificação de quem está a entregar a declaração é feita através da inscrição do respectivo número de contribuinte (campo 2). E cada declaração diz respeito apenas a um titular dos rendimentos. Se se tratar de uma herança indivisa, dada comproprietário preenche uma declaração autónoma e se o proprietário for casado e o prédio não for um bem próprio, o cônjuge também tem de preencher uma outra declaração.

 

E como se indica o contrato em causa?

Uma declaração pode servir para declarar as rendas de vários prédios de um mesmo proprietário. Há um campo para introduzir o "número" de contrato (campo 5.2), mas que, dizem os serviços, é facultativo, uma vez que, nomeadamente os contratos anteriores à entrada em vigor do novo regime (Abril de 2015) não têm um número atribuído. É preciso dizer se o contrato é anterior a 2006 ou já posterior (campo 5.4) e identificar o código da freguesia (campo 5.5) e o artigo de inscrição na matriz (campo 5.7).

 

Qual o valor da renda a inscrever?

É a renda líquida correspondente à quota parte que o declarante possui no imóvel (campo 5.11). Se forem os dois cônjuges, cada um porá 50% do total das rendas recebidas durante o ano. Se forem por exemplo oito herdeiros, então cada um porá um oitavo do valor anual da renda (pressupondo que as partes que cada um herdou são iguais. Mas se esses oito herdeiros, por sua vez, forem casados e o prédio for um bem comum, então cada um inscreve um 16 avos

 

Como sabe o Fisco quem é o inquilino?

Há um último campo da declaração para colocar o número de contribuinte do inquilino (campo 5.14). Se o mesmo contrato tiver mais de um inquilino, então deverá preencher-se (no campo 5) uma linha por cada inquilino. E depois inscrever o valor da renda que, da quota parte do proprietário, corresponder a cada inquilino.



 




A sua opinião19
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Gatunos 17.01.2016

O melhor a fazerem é venderem as casas sem inquilinos e sem ratos, e investirem a massa longe de Portugal , pois Portugal tem um regime de gatunos e traidores que se especializou a roubar quem investiu a massa em portugal.
Comprem casas em paises decentes que defendem os investidores como por exemplo em Inglaterra , aonde vai para a rua o inquilino que deixa renda sem precisar de ir para tribunal, ou onde o senhorio tem uma copia da chave da casa e pode marcar uma visita de inspecção à casa todos os meses do ano, é claro que as taxas de rentabilidade nos investimentos em inglaterra têm o dobro do retorno de Portugal e não têm leis com as de Portugal que defendem os caloteiros e gatunos que se recusam a pagar renda.

comentários mais recentes
Do monhé só se espera outra bancarrota! 17.01.2016

As beicinhas do monhé quando pronunciavam a palavra "poucochinho" fazem lembrar um ânus com almerródias!! Beicinhas oportunistas e traidoras que subiram ao poder através de golpada, pela porta do cavalo e à má fila! Que se pode esperar do carácter deste usurpador?? Outra bancarrota! Mais nada!

Do monhé só se espera outra bancarrota! 17.01.2016

As beicinhas do monhé quando pronunciavam a palavra "poucochinho" fazem lembrar um ânus com almerródias!! Beicinhas oportunistas e traidoras que subiram ao poder através de golpada, pela porta do cavalo e à má fila! Que se pode esperar do carácter deste usurpador?? Outra bancarrota! Mais nada!

O 2º Ministro golpista, traidor e oportunista! 17.01.2016

As finanças comem tudo! As mais valias bolsistas (quando as há) parecem cães a babarem-se por elas. Se se perde c.agam para o investidor (jogador) da bolsa! E para quê? Portugal cada vez pior! E agora com a esquerdalha no governo pior ainda vai ficar! O 2º Ministro golpista e usurpador mete nojo.

O 2º Ministro golpista, traidor e oportunista! 17.01.2016

As finanças comem tudo! As mais valias bolsistas (quando as há) parecem cães a babarem-se por elas. Se se perde c.agam para o investidor (jogador) da bolsa! E para quê? Portugal cada vez pior! E agora com a esquerdalha no governo pior ainda vai ficar! O 2º Ministro golpista e usurpador mete nojo.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub