Saúde Tilray: "Há preconceito com a canábis"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium Se já é assinante, faça LOGIN

Tilray: "Há preconceito com a canábis"

Cantanhede foi a escolha da Tilray para cultivar e processar canábis para fins medicinais em Portugal. Num país onde esse consumo não está legalizado, Brendan Kennedy diz-se surpreendido com a falta de activismo.
Tilray: "Há preconceito com a canábis"
Bruno Simão
Wilson Ledo 10 de janeiro de 2018 às 22:30

Como imagina uma pessoa que consome canábis? Imaginou uma criança com epilepsia, um adulto a passar por um processo de quimioterapia ou alguém em fim de vida, sujeito a cuidados paliativos? Talvez a imagem mental que criou seja

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub