Segurança Social Governo admite pôr pensionistas a pagar uma "TSU"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Governo admite pôr pensionistas a pagar uma "TSU"

Tal como os trabalhadores e empresas, os pensionistas poderão também vir a descontar mensalmente para a Segurança Social. Esta é uma das medidas que está em cima da mesa no âmbito do plano de corte estrutural de despesa.
Governo admite pôr pensionistas a pagar uma "TSU"
Elisabete Miranda 12 de abril de 2013 às 00:01

Entre o leque de medidas de austeridade dirigidas aos pensionistas que estão em cima da mesa, há uma que parece estar mais avançada: a imposição de uma espécie de "taxa social única" a descontar

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião201
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Cardoso Há 1 semana

É só roubar; mas desenvolver a economia para sustentar os gastos do país, até agora têm sido de uma incompetência colossal. Fora com esta canalha que só rouba quem trabalha, até mesmo nas condições mais indefesas.

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

CAMBADA DE FILHOS DA PUTA.

Anónimo Há 1 semana

Este governo faz-me lembrar a Coreia do Norte e os pensionistas a Coreia do Sul. As ameaças são constantes e as armas estão apontadas. A questão é saber se a Coreia do Norte arrasa a Coreia do Sul e se o governo liquida de vez os pensionistas. A guerra está eminente. Defendam-se.

carlos Há 1 semana

todos tem de pagar e de contribuir para salvar Portugal , TODOS aqueles que aqui vivem

Fatídico Há 1 semana

Um Regresso sem Retorno? ____________________ O Governo de Passos Coelho quando entrou em funções em Junho de 2011 pretendeu acelerar um conjunto de medidas aplicando uma carga violenta de austeridade, acreditando assim que poderia antecipar alguns prazos acordados com a Troika, e que promovendo ao mesmo tempo um processo draconiano de ajustamento da economia e das Finanças Públicas, viesse a conseguir atingir mais rapidamente um crescimento acelerado e mais sustentado da economia no final de 2012, com níveis de desemprego toleráveis, controlado, a redução acentuada e sustentada da dívida pública, o pleno regresso aos mercados financeiros em Setembro de 2013, e no final desse ano obter um défice orçamental bem inferior a 3%. O “ir para além da Troika”, slogan político propagandístico adoptado inerente a esta “estratégia”, acaba por confirmar em Abril de 2013 tratar-se afinal de um mero estratagema incompetente de cariz ameaçador, bélico e maléfico para a enorme maioria dos portugueses, evoluindo agora muito rapidamente para um outro slogan propagandístico que denomino:“ir para além da Constituição Portuguesa”!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub