Segurança Social Pensões custam mais 860 milhões em 2018 mesmo sem novas medidas
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Pensões custam mais 860 milhões em 2018 mesmo sem novas medidas

Mesmo que o Governo não aceite as pretensões do PCP em reforçar os aumentos das pensões, a despesa da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações vai disparar, de forma automática, 860 milhões de euros. Comunistas reclamam que é preciso devolver o dinheiro que foi tirado aos reformados.
A carregar o vídeo ...
Manuel Esteves 29 de agosto de 2017 às 23:15

As pensões são sempre um tema incontornável em cada Orçamento do Estado. O universo de 2,7 milhões de reformados, a maior parte com pensões muito baixas, torna o assunto irresistível para qualquer oposiç)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 30.08.2017

Não percebo como paises muito mais ricos que o nosso (Espanha, Suiça.....) implementaram um valor máximo para as pensões e por cá não se tomou essa medida. Será que os outros estão todos errados e só nós certos? É assim tão dificil de perceber que qualquer dia os impostos cobrados não vão chegar para pagar as obrigações com pensões e reformas? Porque será que neste pais não se decide nada a médio/longo prazo?

comentários mais recentes
Anónimo 30.08.2017

Reformas.
O problema das reformas só se resolve de uma forma , reforma para todos aos 90 anos
e os filhos saem de casa dos pais aos 70 anos...

Mr.Tuga 30.08.2017

Isto para xuxas e geringonços CRIMINOSOS DESPESISTAS RUINOSOS são "peanurs"....

Não deixes para amanha o que podes gastar hoje....

Anónimo 30.08.2017

Não percebo como paises muito mais ricos que o nosso (Espanha, Suiça.....) implementaram um valor máximo para as pensões e por cá não se tomou essa medida. Será que os outros estão todos errados e só nós certos? É assim tão dificil de perceber que qualquer dia os impostos cobrados não vão chegar para pagar as obrigações com pensões e reformas? Porque será que neste pais não se decide nada a médio/longo prazo?

Abel 30.08.2017

O que estes tipos estão a cozinhar é uma sopa que nos deixará sem vislumbre de pensão de aposentação antes dos 70 anos e com um corte brutal.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub