Segurança Social Pensões: PCP e Bloco querem aumento de 10 euros em Janeiro

Pensões: PCP e Bloco querem aumento de 10 euros em Janeiro

PCP e Bloco de Esquerda vão defender para a maioria dos pensionistas um aumento de dez euros já em Janeiro. Negociações ainda estarão numa fase inicial
Pensões: PCP e Bloco querem aumento de 10 euros em Janeiro
Negócios 21 de agosto de 2018 às 09:12

O PCP já o tinha anunciado e o Bloco de Esquerda apoia a intenção: os partidos que têm aprovado o Orçamento do Estado querem que o Governo garanta um aumento de dez euros na maioria das pensões já em Janeiro, segundo revela, na edição desta terça-feira, o Correio da Manhã.

"É justo e exequível", diz ao jornal o deputado José Soeiro, do Bloco de Esquerda, depois de o PCP ter defendido a medida.

O ritmo de crescimento da economia, que tem sido superior a 2%, garante uma actualização automática acima da inflação para a maioria das pensões. Ou seja, um aumento real de 0,5% para as pensões inferiores a 857,8 euros (o equivalente a 2 Indexantes de Apoios Sociais).

Nos últimos dois anos o orçamento tem determinado um aumento extra em Agosto que perfaça os seis ou os dez euros, no caso de quem some um montante total de pensões inferior a 1,5 IAS (631,98 euros). É por isso que este mês cerca de 1,6 milhões de pensionistas vão receber um aumento extra.

Este ano, o impacto orçamental da medida é mais baixo (34,8 mihões) do que no ano passado porque se trata de um complemento à actualização de Janeiro. E em Janeiro as actualizações foram mais generosas do que no ano anterior devido ao crescimento do PIB. Por outro lado, só é pago numa parte do ano.

Agora, a intenção do PCP e BE é que no último ano da legislatura o aumento de dez euros seja assegurado logo em Janeiro para a maioria dos pensionistas.

 




pub