Elevador Elevador de 17 de Maio de 2018
Celso Filipe 17 de maio de 2018 às 00:01
Rui Rio
Neste frenesim de condenações ao ataque que os jogadores do Sporting sofreram na academia de Alcochete, sobram figuras a colocar-se em bicos dos pés. O líder do PSD afastou-se, e bem, deste corrupio mediático com o aviso: "Resolver o problema é guardar distâncias e, com essa distância guardada, ter a autoridade moral e a autoridade ética para encontrar soluções." Um conselho sábio de quem foi eleito presidente da Câmara do Porto contra a vontade do presidente do FC Porto.  
Luigi di Maio
O presidente do Movimento 5 Estrelas e Matteo Salvini, líder da Liga, estão prestes a alcançar um acordo para a formação de um governo em Itália. Até aqui tudo bem, não fosse o facto de o programa de governo acordado por ambos contemplar um perdão de dívida por parte do BCE na ordem dos 250 mil milhões de euros e um mecanismo para sair da moeda única, o que levou  a um enorme trambolhão da bolsa italiana. Esta coligação radical promete ser uma enorme dor de cabeça para a União Europeia e a Zona Euro.



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo Há 6 dias

Tinham o Renzi, verdadeiro social liberal reformista cheio de visão e seriedade, pró-mercado, pró-investimento, pró-empreendedorismo, pró-inovação, pró-criação de valor. Como os sindicatos, os monopolistas de compadrio e outras máfias não gostavam, deitaram o homem abaixo e agora formaram a sua geringonça de extremos. O sul tem uma mentalidade assim. Um dia terá de mudar a bem ou a mal.

comentários mais recentes
Anónimo Há 6 dias

O mal de Portugal é terem transformado as carreiras no sector público, capitalismo de compadrio subsidiado incluído, numa espécie de Estado Social paralelo onde a prestação social se chama salário em vez de subsídio temporário de desemprego ou rendimento mínimo.

Mr.Tuga Há 6 dias

Pois...
Rio varreu o FCPorCo e todos lhe cairam em cima.

O seu sucessor já escancarou as portas da Xidade aos broncos do cluibi xad porCo!!!!!
A promiscuidade entre chutadores e xads e politiqeuiros....

Anónimo Há 6 dias

RUI RIO PARECE SER DIFERENTE DA PANDILHA!
VAMOS VER SE ASSIM É!

Anónimo Há 6 dias

Renzi é o Macron italiano. Mais bem casado, na minha opinião, mas ainda assim o Macron Italiano. As facções anarco-sindicalistas e fascistas, tal como o infame crime organizado local, detestam gente honesta, esclarecida e competente que os possa afrontar na sua senda predatória extractora de valor do Estado, da economia e da sociedade. É pena. E temos aqui, infelizmente, uma situação anómala muito preocupante para toda a UE.

ver mais comentários