Automóvel Limusine de Putin não foi a única estrela do Salão Automóvel de Moscovo

Limusine de Putin não foi a única estrela do Salão Automóvel de Moscovo

O Salão Internacional do Automóvel de Moscovo abriu quarta-feira com os olhos focados na série Aurus Senat, que inclui a limusine do presidente russo Vladimir Putin. Mas não só.
EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters EPA / Reuters
Negócios 30 de agosto de 2018 às 15:30

A versão comercial da limusine que Putin mostrou ao mundo quando tomou posse em Maio foi a estrela da abertura do Salão Internacional do Automóvel de Moscovo.

 

Fabricada na Rússia, a limusine da marca de luxo Aurus é produzida pelo instituto russo NAMI em parceria com a fabricante local Sollers.

 

A Aurus Senat foi apresentada ontem e além da versão Limousine, também existe uma sedan e será fabricada uma minivan e uma moto. No próximo ano serão fabricados apenas 120 unidades Aurus, sendo que a produção em série só vai ter início em 2020.

 

Putin tem fomentado a indústria automóvel russa e destacou-se por em Maio, na tomada de posse, não ter ido no seu veículo oficial da Mercedes. A Senat é o primeiro veículo produzido por esta fabricante de carros de luxo e tem como objectivo substituir a ZIL, que durante muitos anos transportou os líderes soviéticos.

 

A carregar o vídeo ...


Mas a limusine de Putin não foi a única atracção do Salão Internacional do Automóvel de Moscovo, embora o número de marcas presentes esteja longo dos eventos do género realizados noutras cidades mundiais, como Genebra, Frankfurt, Los Angeles ou Tóquio.

 

A Renault foi uma das fabricantes em evidência, com destaque para o  ‘coupé crossover’ Arkana, que foi desenhado a pensar no mercado russo. A Porsche e várias fabricantes chinesas também apresentaram novos modelos na capital russa.