Automóvel Nissan admite falsificação de dados de poluentes. Acções afundam quase 5%

Nissan admite falsificação de dados de poluentes. Acções afundam quase 5%

A Nissan admitiu esta segunda-feira que os dados sobre emissões de poluentes foram falsificados em todas as suas fábricas no Japão. As acções deslizaram quase 5% para mínimos de Abril de 2017.
Nissan admite falsificação de dados de poluentes. Acções afundam quase 5%
Bloomberg
Negócios 09 de julho de 2018 às 10:22

A Nissan admitiu esta segunda-feira, 9 de Julho, que os dados sobre as emissões de gases dos veículo dos seus veículos foram falsificados em praticamente todas as fábricas do país. 

A empresa não revela quantos carros foram afectados por estas falsificações, mas admite que houve alterações "deliberadas" dos dados. 

As acções da Nissan afundaram quase 5% para 1.003,5 ienes (77,32 euros), o que corresponde ao valor mais baixo desde Abril de 2017.


Teme-se que a companhia japonesa mergulhe num escândalo semelhante ao da Volkswagen, que teve de pagar milhares de milhões de euros em multas, quando se descobriu que o construtor alemão usava um software para enganar as máquinas de teste e assim vender carros muito mais poluentes do que o anunciado.




Saber mais e Alertas
pub