Banca & Finanças Banqueiros infractores vão pagar coimas até 10 milhões
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Banqueiros infractores vão pagar coimas até 10 milhões

Proposta de alteração da lei bancária mais que duplica valor máximo das sanções pecuniárias para gestores.
Banqueiros infractores vão pagar coimas até 10 milhões
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 16 de abril de 2014 às 00:01

Os banqueiros que cometam irregularidades muito graves no âmbito da sua actuação profissional vão passar a ser sancionados com coimas que podem chegar a 10 milhões de euros. Um valor que corresponde a mais do

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

Bem podem aumentar o que quiserem em Portugal tudo isso perscreve....

comentários mais recentes
josé 1000 Há 6 dias

Deixem-me rir. Não será mais uma mentira do PM?

Anónimo Há 1 semana

... à gisa da lei das reformas que era inviolável, o governo também pode legislar com rectroacitividade no tempo e fazer-se justiça.

Anónimo Há 1 semana

primeiro livram os amigos e depois vêm com estas palermices....este banco de portugal mais parece a associação de bancos portugueses....ao menos que sekaja bem remunerado pelo frete que anda a fazer há dois anos.

Anónimo Há 1 semana

Não são precisas coimas bilionárias, mas sim os organismos de fiscalização a fincionarem eficazmente. O que não aconteceu em Portugal. Se fizessem o seu trabalho a crise tinha sido bem menor em Portugal. OBRIGADO VITOR CONSTANCIO!!!!!!!!!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub