Banca & Finanças Barclaycard deixou de existir em Portugal. Agora é Wizink

Barclaycard deixou de existir em Portugal. Agora é Wizink

O espanhol Wizink, que comprou o banco electrónico do Popular, acabou agora com a marca Barclaycard em Portugal. Os 500 mil clientes vão receber os novos cartões a partir da próxima semana.
Diogo Cavaleiro 21 de abril de 2017 às 14:45



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 21.04.2017

Imaginemos que o Reino Unido não tinha reduzido em 1 milhão o número de colaboradores excedentários, redundantes ou obsoletos identificados no seu sector público, numa tarefa tão decidida quanto decisiva que o governo britânico reeleito ainda não deu por concluída apesar desta redução significar que o país atingiu o menor número de funcionários públicos desde a 2ª Guerra Mundial, ou o Canadá e a Austrália no seu conjunto, mais de 50 mil funcionários federais de que não necessitavam, só entre 2011 e 2015. Imaginemos que nos EUA a proporção de empregados pelo sector público face ao emprego total da economia não era actualmente a segunda mais baixa desde 1960, nem que tinham em 2014 atingido o número mais reduzido de funcionários federais desde 1966. Seriam países muito pobres.

Jaime 21.04.2017

500 mil?? Festival de cartões de crédito

pub
pub
pub
pub