Banca & Finanças BCE está preocupado com exposição dos bancos europeus à lira

BCE está preocupado com exposição dos bancos europeus à lira

A queda da moeda turca, que já afundou quase 40% desde o início do ano, está a preocupar o supervisor da banca europeia. A instituição liderada por Mario Draghi olha em especial para o BBVA, Unicredit e BNP Paribas.
BCE está preocupado com exposição dos bancos europeus à lira
EPA
Negócios 10 de agosto de 2018 às 07:56

O Banco Central Europeu está atento aos efeitos que a desvalorização da lira pode ter em alguns dos bancos sobre a sua supervisão. Entre as instituições que mais preocupam estão o BBVA, Unicredit e BNP Paribas, avança o Financial Times, citando fontes não identificadas. 

Os três bancos são nomeados dadas as operações significativas que mantêm na Turquia, deixando-os mais expostos. A quebra da moeda turca pode reflectir-se nas receitas das instituições e nos activos subjacentes.

De acordo com as estatísticas do Banco de Pagamentos Internacionais, a exposição dos bancos espanhóis aos bancos turcos é de 83,3 mil milhões de dólares, 38,4 mil milhões no caso dos franceses e 17 mil milhões no que toca aos italianos.
  

A lira perdeu 39,90% contra o dólar desde o início do ano, sendo que desde o primeiro dia de Agosto a queda foi de mais de 20%. Está neste momento a cotar nos 0,16155 dólares, um mínimo de sempre.  

Já do lado do ministério das Finanças turco, não chegam notas de apreensão. Esta quinta-feira, o responsável por esta pasta garantiu que o sector bancário no país se encontrava firme dada a estrutura de capital e balanços sólidos. "As nossas instituições regulatórias não vêem nenhum problema decorrente da taxa de câmbio ou riscos de liquidez", disse.   




pub