Banca & Finanças BPI e o Fundo de Resolução do Novo Banco: "Acho que vai correr melhor do que o mercado espera"

BPI e o Fundo de Resolução do Novo Banco: "Acho que vai correr melhor do que o mercado espera"

"O custo para o BPI é sempre o mesmo, é só uma questão de tempo", afirmou o CEO do BPI, desvalorizando o impacto do Fundo de Resolução do Novo Banco na instituição detida pelo banco espanhol CaixaBank.
BPI e o Fundo de Resolução do Novo Banco: "Acho que vai correr melhor do que o mercado espera"
Rui Neves 20 de abril de 2018 às 18:47

A posição do BPI no Fundo de Resolução do Novo Banco "é muito simples", afirmou o CEO Pablo Forero. "Temos um custo de 14 milhões de euros por ano, que teremos que pagar até 2046, se as coisas correrem bem; se correrem mal, até 2050/2051", fixou Forero, nesta tarde de sexta-feira, 20 de Dezembro, durante a conferência de imprensa de apresentação dos resultados do BPI no primeiro trimestre do ano.

 

"O custo para o BPI é sempre o mesmo, é só uma questão de tempo", rematou, desvalorizando assim a posição do ministro das Finanças, Mário Centeno, que admitiu a possibilidade de o Novo Banco vir a precisar de uma nova ajuda este ano.

 

O CEO do BPI está optimista: "Acho que as coisas vão correr melhor do que o mercado espera", afirmou, concluindo que "este esquema é desenhado pelo Governo e é assim que vai ser".




pub