Banca & Finanças Centeno: "Sucessão de falhanços ou inacção" do anterior Governo teve impacto no Banif

Centeno: "Sucessão de falhanços ou inacção" do anterior Governo teve impacto no Banif

O ministro das Finanças considera que a resolução do Banif é resultado da "sucessão de falhanços ou inacção" do anterior Governo. Centeno recomendou aos deputados que procurem apurar essa responsabilidade no inquérito parlamentar.
Centeno: "Sucessão de falhanços ou inacção" do anterior Governo teve impacto no Banif
Negócios 29 de janeiro de 2016 às 23:13

"O grande esforço do anterior Governo [para encontrar uma solução para o Banif] foi tentar substituir a administração", criticou o ministro das Finanças, no parlamento.

 

Para Mário Centeno, a actuação do Executivo de Passos Coelho ficou marcada por "uma sucessão de falhanços ou inacção que teve consequências no resultado final" do processo Banif. "Trouxe o banco a 15 dias de um momento chave na legislação europeia", sublinhou, numa referência ao facto de a 1 de Janeiro ter entrado em vigor legislação que, no caso de uma resolução, põe em risco os depósitos não garantidos.

 

O ministro sugeriu mesmo aos deputados que procurem apurar as responsabilidades do anterior Governo no processo Banif no âmbito da comissão parlamentar de inquérito que toma posse a 3 de Fevereiro. 




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Este deficite chuta em todas as direcoes e nao ha meio de acertar com a baliza baliza,e ser nabo.

Anónimo Há 3 semanas

O Centerlhas quer-nos fazer a creditar que esta especie de banco x.uxa, antro de socialistas, tinha uma saude robusta. O Centelhas quer-nos fazer acreditar que este bancozito de lavagem de dinheiro e essencial para o tecido financeiro portugues. O centelho quer-nos fazer acreditar que tudo o que aconteceu no Bnaco e da responsabilidade do Passos do Governador etc. Mas a gestao do banco e os acionistas nao em nada a ver. Brincadeira. "Nao sabia"

Joaninha Há 3 semanas

Sê 'profissional'(?) e não...estúpido! Vocês, "intelectuais do tacho", nem se dão ao respeito. A vossa relação é do tipo: HOJE FORNICO EU, AMANHÃ FORNICAS TU, por que a PUtta é sempre a mesma! Depois, bom, depois vão todos almoçar juntinhos. Ide p«ro C...

Telmo Há 3 semanas

Sr Centeno, as centenas de as asneiras do Passos o mentiroso, incompetente e gastador não justificam as nossas más decisões. O Passos de houvesse justiça teria prisão perpetua Deve ser anulada a venda do Banif e presos todos os gestores do BP e do Banif.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub