Banca & Finanças Ex-dona do Banif a caminho da insolvência após "última machadada"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Ex-dona do Banif a caminho da insolvência após "última machadada"

Os investidores que financiaram a Rentipar (muitos deles, clientes de balcão do Banif) vão reunir-se a 22 de Janeiro para a “eventualidade de vir a ser declarada” a sua insolvência. Também se antecipam mais acções para que seja reclamado o investimento.
Ex-dona do Banif a caminho da insolvência após "última machadada"
Miguel Baltazar
Diogo Cavaleiro 08 de Janeiro de 2016 às 00:01

A Rentipar, sociedade de herdeiros de Horácio Roque, poderá estar a caminho da insolvência. O motivo é a resolução do Banif, o seu principal activo.

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado surpreso1 07.01.2016

Agora, só bananas

comentários mais recentes
Anónimo 22.03.2016

Estou cheio de pena da bichinha. Como dizia o outro: Vai trabalhar malandra. - Qual o estado das contas quando o Roque foi Prestar contas ao S. Pedro. E ano apos ano. Quem era os Gestores que estiveram a mamar a conta. Porque e que teve que ser injectado 1.100M?

Anónimo 14.01.2016

Pede resposabilidades aos administradores que lá estavam.

comboio 14.01.2016

Pede resposabilidades aos administradores que lá estavam.

Anónimo 14.01.2016

Então e o tio Alberto João ? Onde anda o fanfarrão ?

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub