Banca & Finanças Fundo da Nova Zelândia avança em tribunal contra o Banco de Portugal

Fundo da Nova Zelândia avança em tribunal contra o Banco de Portugal

O Fundo New Zealand Superannuation decidiu avançar com uma acção contra o Banco de Portugal. O Fundo está a trabalhar com os investidores da Oak.
Fundo da Nova Zelândia avança em tribunal contra o Banco de Portugal
Bruno Simão/Negócios
Sara Antunes 14 de abril de 2015 às 07:52

"O Fundo New Zealand Superannuation confirmou hoje que, tal com o previamente sugerido, vai avançar com processos legais nos tribunais portugueses contra o Banco de Portugal", pode ler-se no comunicado publicado no site do fundo.

 

O Fundo diz que os documentos, que já terão sido entregues, "desafiam a validade da decisão do Banco de Portugal que pretende ‘clarificar’ que o empréstimo da Oak Finance não foi transferido do Banco Espírito Santo para o Novo Banco, com efeitos retroactivos."

 

Este processo iniciado esta terça-feira junta-se a uma acção já interposta, em Fevereiro contra o Novo Banco, para recuperar dívida, nos tribunais ingleses. O Fundo adianta que "está a trabalhar em conjunto com os investidores da Oak Finance em ambos os processos".

Em causa está o facto de a dívida que contraíram do BES através do veículo Oak Finance ter sido transferida pelo Banco de Portugal para o banco "mau". O New Zealand Superannuation, que já assumiu ter uma exposição de 150 milhões de dólares (131,7 milhões de euros) ao empréstimo da Oak Finance, já tinha contestado esta transferência.




pub