Banca & Finanças Oferta inicial do Santander pagava 150 milhões e despedia 800 trabalhadores do Banif

Oferta inicial do Santander pagava 150 milhões e despedia 800 trabalhadores do Banif

A proposta que o Santander apresentou no processo de venda voluntária do Banif previa o pagamento de 150 milhões de euros, mas implicava uma redução de 800 trabalhadores, revelou o ministro das Finanças.
Oferta inicial do Santander pagava 150 milhões e despedia 800 trabalhadores do Banif
Bruno Simão
Maria João Gago 29 de Janeiro de 2016 às 22:41

Em termos de preço, a primeira proposta de compra do Banif apresentada pelo Santander era igual à que foi acordada no processo realizado no âmbito da resolução do banco, de acordo com a informação dada pelo ministro das Finanças na comissão parlamentar de orçamento e finanças.

 

"O Santander pagava 150 milhões de euros e reduzia 800 trabalhadores", pormenorizou Mário Centeno, adiantando que a oferta deixava muitas responsabilidades do lado do Estado.

 

Recorde-se que o Santander acabou por comprar um pacote de activos e passivos do Banif por 150 milhões de euros, depois de o Estado ter injectado 2.255 milhões na instituição. 




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado pingu123 30.01.2016

Mesmo que depois o estado pagasse 1 ou até 2 milhões a cada trabalhador despedido, seria muito melhor do que a solução encontrada. Dr. Centeno, admita: fez asneira.

comentários mais recentes
Anónimo 30.01.2016

olha se resolves isso esta semana por duas coisas:primeira ja comeca a cheirar mal;segunda coisa:precisamos ja a partir da proxima semana comecar a falar dos 207 mil novos postos de trabalho que fizeste como bandeira juntamenta com o d.branca e o cachalote acoriaano.

Anónimo 30.01.2016

Està visto que afinal ninguém vai ficar sem emprego no Novo Banco.

Anónimo 30.01.2016

Casos ha que se tem mais lucros,quando ja nao se tem encargos.nao estou a ver o deficite acompanhar a jogada.

pingu123 30.01.2016

Mesmo que depois o estado pagasse 1 ou até 2 milhões a cada trabalhador despedido, seria muito melhor do que a solução encontrada. Dr. Centeno, admita: fez asneira.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub