Comércio Forall Phones: José faz primeiro milhão aos 21 anos e abre loja no Porto dia 12

Forall Phones: José faz primeiro milhão aos 21 anos e abre loja no Porto dia 12

José Costa Rodrigues tinha 19 anos quando investiu 300 euros na criação da Forall Phones, empresa de venda de “smartphones” semi-novos que facturou um milhão de euros no ano passado. Depois de inaugurar a sua primeira loja, na capital, em Outubro, chega agora ao Porto.
Forall Phones: José faz primeiro milhão aos 21 anos e abre loja no Porto dia 12
José Costa Rodrigues, CEO da Forall Phones.
Rui Neves 09 de maio de 2018 às 09:48

Aos 16 anos, José sonhava ter um Iphone 4s. Pediu aos pais, que lhe deram nega. E assim nasceu um negócio que, com um investimento inicial de 300 euros, facturou um milhão de euros no ano passado. Como?

 

Perante a recusa dos pais em cumprir tão caro sonho, o filho juntou alguma tralha lá em casa, incluindo uma "playstation" portátil, e vendeu tudo no site de compras em segunda mão OLX, onde comprou o tão desejado "smartphone".

 

Mas passado um mês revendeu o Iphone 4s com lucro. Começou então a comprar e a vender "smartphones" a partir de sua casa, em Ourém.

 

O negócio cresceu tanto que, passados dois anos, criou a empresa Forall Phones (telefones para todos), que vende maioritariamente "smartphones" iPhone e Samsung e equipamento tecnológicos semi-novos "até 40% mais baratos" em relação ao preço do modelo novo e ainda com um ano de garantia.

 

Em 2017, cinco anos depois de ter comprado e vendido o seu primeiro "smartphone", a empresa de José Costa Rodrigues facturou cerca de um milhão de euros e abriu, em Outubro, a sua primeira loja física, no Campo Grande, em Lisboa.

 

Segue-se a abertura de uma loja no portuense Rua Formosa, no próximo sábado, 12 de Maio, com a Forall Phones a reforçar assim "o investimento e a aposta na sinergia entre o digital (comércio online) e espaços físicos (lojas)", sublinha a empresa, em comunicado.

 

"O Porto foi a escolha mais óbvia para nós. Todos os dias recebíamos mensagens a pedir para abrirmos uma loja lá e para levarmos para o Norte o mesmo que Lisboa já tinha: ‘smartphones’ de qualidade ‘premium’ a preços acessíveis e um contacto mais próximo e personalizado com os clientes. Com a maioria das minhas raízes familiares situadas no Porto, nem hesitei. A decisão estava tomada" explica José Costa Rodrigues, CEO da Forall Phones.

 

O CEO da empresa planeia vender, "só na loja do Porto, mais de 20 ‘smartphones’ por dia, originando vendas anualizadas a rondar os dois milhões de euros".

 

Com a contratação de duas pessoas para a loja do porto, a Forall Phones emprega agora duas dezenas.




A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Vejo aqui tanta dor de cotovelo, só eu com as minhas compras e vendas pessoais faturei bastante... logo é mais que possivel que com gente a trabalhar com ele.. haja mais negocio.. para alem disso o mercado de usados da Apple é enorme.. eu não compro lá, mas boa sorte

JFG1970 Há 1 semana

Espantoso tanta gente preocupada se o rapaz ganha muito ou pouco dinheiro, se as garantias a que se vincula são boas, más ou nem sequer existem, se o negócio nasceu de forma espontânea como a notícia apresenta, etc.... Parece-me que há aqui muita dor de cotovelo à mistura, pessoas que gostariam de fazer qualquer coisa que, por qualquer razão, ainda não conseguiram.
A vida é feita de oportunidades, momentos e projetos, este é o projeto da rapaz.
Felicidades para o José e para o seu projeto Forall Phones.

Anónimo Há 1 semana

COMPRA NO EBAY E VENDE, COMO ELE EXISTEM MILHARES NO OLX A VENDER...., PODE ATE FACTURAR UM MILHAO....E TER LUCRO DE 50 MIL EUROS....DEPOIS ELE PRÓPRIO DÁ GARANTIA, NAO A MARCA...PORTANTO A GARANTIA NÃO É DA MARCA É DE ALGUÉM QUE VAI AO YOUTUBE E PROCURA COMO MUDAR ECRA...COMO MUDAR BATERIA...ET

Anónimo Há 1 semana

Ui a dor de cotovelo que por aqui anda! Reumon Gel! lol

ver mais comentários
pub