Pescanova aumenta salários da direcção em 15% antes do pré-concurso
06 Março 2013, 13:39 por Jorge Garcia | jorgegarcia@negocios.pt
7
Enviar por email
Reportar erro
Ainda sem os resultados referentes ao exercício de 2012, sabe-se que no primeiro semestre do mesmo ano a remuneração total recebida pela direcção da Pescanova teve um aumento de 15%.

No total foram 1,37 milhões de euros face aos 1,19 milhões do último semestre de 2011. Este foi o aumento nos salários da direcção da Pescanova. Já em 2011 o aumento tinha sido de 9%. O aumento ocorreu apenas uns meses antes da empresa se ter colocado ao abrigo dos credores, incapaz de saldar as suas dívidas, segundo noticia o “El Economista”.

 

A empresa não quis prestar esclarecimentos a respeito deste assunto, assegurando que todas as informações seriam dadas apenas à CNMV (regulador de mercados de capital espanhol). Em qualquer dos casos, não consta das contas qualquer variação significativa que justifique um aumento das remunerações.

 

A única explicação possível parece ser o aumento do número de directores ou o aumento da remuneração dos que já estavam na posição. O maior problema da empresa é ter agora três anos para pagar 500 milhões de euros à banca, uma dívida que as entidades financeiras não parecem, por agora, estar dispostas a reestruturar.

 

A instabilidade sobre o futuro da empresa continuou ontem a reflectir-se na bolsa, com os títulos a depreciarem 9,48% para 6,30 euros, situando a cotação das acções nos níveis registados em 2001.

 

Os pequenos investidores não parecem ser os únicos a sofrer com a queda das acções da Pescanova, visto que existem cerca de 170 produtos financeiros que dispõem de acções da empresa na sua carteira.

7
Enviar por email
Reportar erro
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: