Construção Venezuela lidera obras da Teixeira Duarte já contratadas para 2013

Venezuela lidera obras da Teixeira Duarte já contratadas para 2013

Em Portugal as empreitadas que a Teixeira Duarte já assegurou representam menos de 10% do valor total que tem previsto atingir no próximo ano.
Maria João Babo 30 de novembro de 2012 às 19:08

A Teixeira Duarte tem neste momento contratadas obras que lhe permitem atingir a execução de empreitadas no valor de 911,3 milhões de euros no próximo ano, mais de metade das quais na Venezuela.

De acordo com os resultados do terceiro trimestre divulgados esta sexta-feira pelo grupo, para o quarto trimestre deste ano estão já contratados trabalhos no valor de 246,7 milhões de euros. Destes, apenas 38 milhões respeitam ao mercado doméstico, o que representa 15,4% do total.

Já em 2013 o contributo da actividade da construtora em Portugal deverá reduzir-se para 9,4%, não indo além de 85,9 milhões de euros dos 911,3 milhões que já tem contratados.

Depois da Venezuela, onde executará no próximo ano empreitadas no valor de 474 milhões de euros, o grupo reforçará os trabalhos em países como Angola, onde tem contratadas obras de 183,7 milhões de euros (20,2% do total) e na Argélia, que contribuirá com 12,7%, ou 115,5 milhões de euros.

No Brasil as empreitadas já contratadas ficam-se pelos 13,6 milhões (1,5% do total) e em Moçambique 34,2 milhões de euros (3,8% do total).

Ainda este ano, entre Outubro e Dezembro o grupo tem previsto realizar obras na Venezuela de 76,3 milhões de euros, em Angola de 69,8 milhões, na Argélia de cerca de 30 milhões de euros, no Brasil de 22,3 e em Moçambique de 8,7 milhões.

No final de Setembro a carteira de encomendas do grupo para o sector da construção atingia os 2,4 mil milhões de euros.

A Teixeira Duarte mantém, assim, a previsão de atingir, em 2012, proveitos operacionais consolidados de 1.400 milhões de euros.