Desporto À sexta tentativa Benfica consegue primeiro tetracampeonato

À sexta tentativa Benfica consegue primeiro tetracampeonato

A vitória contra o Vitória conseguida este sábado permite ao Benfica conquistar o primeiro tetracampeonato da história dos encarnados. É a quarta vez que há um tetracampeão em Portugal.
Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media Cofina Media
Negócios
David Santiago 13 de maio de 2017 às 20:05

O SL Benfica é tetracampeão. A vitória por cinco a zero sobre o Vitória de Guimarães permite às águias festejarem da melhor forma o título de campeão nacional de futebol a uma jornada de terminar a época 2016-2017.

 

Apesar de ser já o 36.º título de campeão nacional alcançado pelos encarnados, a conquista do campeonato deste ano terá um sabor especial para os benfiquistas. Desde que começaram a ser organizados campeonatos nacionais de futebol (1935), nunca o Benfica tinha conseguido sagrar-se tetracampeão.

 

As águias já tinham estado perto de o conseguir em cinco ocasiões, o número de tricampeonatos arrecadados pelo clube da Luz. Em 1939 foi o FC Porto a impedir o Benfica de chegar ao tetra, depois foi o Sporting CP, em três ocasiões (1966, 1970 e 1973) a não deixar as águias chegarem ao almejado tetracampeonato. Por fim, foram novamente os dragões a impossibilitarem (em 1978) que o Benfica fosse além dos três campeonatos seguidos.

 

Em Portugal é a quarta vez que um clube consegue chegar aos quatro títulos consecutivos de campeão nacional. Até agora só o Sporting, uma vez (entre 1951 e 1954, a famosa equipa dos cinco violinos, sendo que Peyroteo se ficou pelo "tri"), e o Porto, duas vezes (1995-1998 e 2006 -2009), tinham conseguido o feito de chegar ao tetra. Note-se que o primeiro tetra dos portistas culminou no ainda único pentacampeonato, em 1999 sob o comando de Fernando Santos, o "engenheiro do penta".

 

Plantel benfiquista com cinco "tetras"

 

Dos 28 futebolistas que integram o plantel vermelho e branco apenas cinco poderão puxar dos galões do tetra. São eles os defesas Luisão (que leva já seis títulos com a camisola encarnada), André Almeida e Jardel, o médio Fejsa e o ala direito Salvio.

 

Excluindo quem se estreia como campeão nacional e quem chega ao segundo título seguido, há ainda outros cinco jogadores do actual plantel que alcançam a também relevante marca do tricampeonato. Júlio César, Eliseu, Samaris, Pizzi e Jonas são tricampeões.

 

Há ainda o caso específico do guarda-redes Paulo Lopes, que se jogar na última jornada contra o Boavista poderá também chegar aos três campeonatos pelo Benfica, embora não conquistados de forma consecutiva.

 

Fejsa o talismã decacampeão

 

O pivot sérvio Ljubomir Fejsa é, aos 28 anos de idade e apesar de uma carreira marcada por algumas lesões graves, um caso de estudo no futebol europeu. Com o tetra conquistado de águia ao peito, o médio defensivo leva já 10 títulos de campeão nacional consecutivos, conseguidos em nove anos - na época 2013-2014 foi duplamente campeão (na Grécia e em Portugal) - e em três campeonatos diferentes.

 

Depois de ter sido tricampeão sérvio pelo Partizan de Belgrado, Fejsa rumou à Grécia para representar as cores do crónico campeão Olympiakos. Aí venceu três títulos seguidos, contudo, a meio da terceira época foi transferido no mercado de Inverno para o Benfica, onde continuou a vestir de vermelho e branco e a vencer. 




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Hipócrates,O roubo da transparência no Futubol . 16.05.2017

Como o Benfica já era campeão,os arbitrários já marcaram dois penaltis para tapar os olhos ao Porto,vida artística a favor do Galinheiro de Carnide,liga suja.

RascaBenfiquista 14.05.2017

Cá está a resposta do Rui Vitoria às mais vil provocações. Para quem dizia que ele não respondia! Cá está, não foi no circo mas foi na rotunda.

Anónimo 14.05.2017

Pinto da Costa deve ser substituido. O Porto precisa de um novo Presidente que aposte na Força do Norte de Portugal, com jogadores bons e ganhadores.

pedro 14.05.2017

este é um jornal desportivo?ja agora noticia a vitoria na eurovisao.....bem mais importante e menos sectarista

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub