Desporto Luís Filipe Vieira: Nos próximos três ou quatro anos quase não será necessário investir

Luís Filipe Vieira: Nos próximos três ou quatro anos quase não será necessário investir

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, afirmou que o principal objectivo da equipa de futebol é "fazer história" e conquistar o campeonato pela quarta vez consecutiva, bem como conseguir a afirmação europeia.
Luís Filipe Vieira: Nos próximos três ou quatro anos quase não será necessário investir
Lusa 08 de setembro de 2016 às 10:12

"Queremos ter uma equipa competitiva. O grande objectivo do Benfica é fazer o tetra e conseguir a afirmação na Europa. O Benfica tem de fazer história, nunca fez um 'tetra' e este ano tem a possibilidade de o fazer", disse, em entrevista à TVI.

 

Luís Filipe Vieira referiu que cada vez é "mais natural" o Benfica ganhar, garantindo que a equipa está "mais forte e mais jovem" que há um ano.

 

O presidente do Benfica, que garantiu que se vai recandidatar, disse ainda que a esta época começou a ser preparada em Outubro passado.

 

"Preparámos o mercado e fomos à procura, em especial pela juventude, nas posições que eram importantes. Cada ano que passa o Benfica fica mais novo. O investimento deste ano vai permitir nos próximos três ou quatro anos quase não investir. No Seixal estamos apetrechados em todas as posições, podem existir saídas, mas a reposição será feita no Seixal", defendeu.

 

Luís Filipe Vieira acrescentou ainda que o técnico Rui Vitória está entrosado com a equipa B e conhece todos os jogadores dos escalões de formação do clube, afirmando que o Centro de Estágio do Seixal é a sua "menina dos olhos".

 

"Houve um período de tempo no Benfica em que nada podia ser planeado. Hoje, temos um treinador com que podemos planear a três ou quatro anos. Tem os seus pontos de vista, mas é humilde para discutir com as pessoas", disse, acrescentado que quer um "Benfica made in Benfica".

 

O presidente do Benfica referiu que acredita que Rui Vitória vai continuar no clube por "muitos anos", mas que caso o técnico saísse seria capaz de apresentar um novo treinador em 24 horas.

 

Em relação a Jorge Jesus, treinador do Sporting que esteve seis épocas no Benfica, Luís Filipe Vieira considerou que "faz parte do passado".

 

"Trabalhou comigo seis anos. Não tenho nada a apontar ao Jorge Jesus, tirando o dia que saiu no estádio da Luz por opção dele. É um excelente profissional, um bom treinador, mas hoje o meu treinador é Rui Vitória e foi campeão. Jorge Jesus é um passado e está na história do Benfica, ninguém lhe vai tirar os méritos", disse.

 

O presidente do Benfica acrescentou que para o actual projecto do Benfica, Jorge Jesus era um técnico que não servia, explicando que o clube "não podia planear a médio e longo prazo".

 

"Quem conhece o Jorge Jesus sabe como ele trabalha. Ele tem uma maneira de trabalhar que hoje não serve os interesses do Benfica", disse Vieira, acrescentando que dois anos antes de sair do clube "ninguém o queria e ele ficou e ganhou".

 

Em relação aos presidentes de FC Porto e Sporting, Vieira garantiu que não tem problemas sem sentar-se à mesa para discutir o "negócio do futebol".

 

"Quando foi preciso resolver o problema da Liga sentei-me frente a frente com Pinto da Costa. Não temos problema em nos cumprimentar. Também não tenho problemas em discutir o negócio futebol com o presidente do Sporting, mas não me esqueço de certas coisas", concluiu.

 

Jimenéz será a "transferência mais cara" do futebol português

 

Luís Filipe Vieira acredita que o futebolista Raúl Jiménez vai ser, no futuro, a "transferência mais cara de sempre" do futebol português.

 

O presidente dos 'encarnados' afirmou que muito se falou sobre os valores da transferência do avançado mexicano, no qual o clube investiu, este ano, 12 milhões de euros na compra dos restantes 50% do passe, mas acredita no valor do futebolista.

 

"Se o Benfica foi campeão e chegou onde chegou na Liga dos Campeões, também o deve a ele e aos seus golos. Estou convencido de que vai justificar todo o investimento e que vai ser dos avançados mais temíveis da Europa, muito pretendido. Vai ser a transferência mais cara de sempre do futebol português, é o meu ‘feeling'", disse, em entrevista à TVI.

 

Em relação a Luisão, Luís Filipe Vieira garantiu que o capitão dos 'encarnados' está "forte e feliz" no Benfica, negando que o clube tenha forçado da saída do defesa central, de 35 anos.

 

"Luisão é o meu companheiro deste percurso. O Luisão está forte e bastante feliz no Benfica. Ele acaba contrato, mas quem me conhece sabe que terei o momento certo para falar com ele", salientou, referindo que o jogador é importante para ajudar os mais jovens.

 

Vieira, que garantiu que o marroquino Taarabt não vai vestir mais a camisola do Benfica e que Rúben Amorim vai ser emprestado, deixou também elogios a Rafa, mais recente reforço do clube.

 

"Qualquer dos três [Benfica, FC Porto e Sporting] esteve interessado, o decisivo foi o Rafa. Tenho admiração pelo carácter que teve e pela maneira pronta como quis vir para o Benfica e o Benfica, possivelmente, não foi o que lhe ofereceu mais dinheiro. Joga em três posições, é jovem, tem raça e tem todos os atributos para se afirmar no Benfica", defendeu.

 

O presidente do Benfica, que considerou o empresário Jorge Mendes como uma "parceiro", explicou ainda que "é fácil" que a venda de Renato Sanches chegue aos 60 milhões de euros, depois de ter rendido 35 milhões numa primeira fase.

 

 




A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Aníbal Pinto 08.09.2016

"fazer" história com o Tetra.....meus amigos, nós já vamos no Penta.

comentários mais recentes
Jj 08.09.2016

1 panteão para o Ronaldo, outro para o Éder e outro para Fernando santos.

Rui costa 10 08.09.2016

Com árbitros comprados

Jesus 08.09.2016

Porta 18

Xavi Valente 08.09.2016

Esqueçam o tetra. Vai para o Sporting. Sou portista.

ver mais comentários
pub