Desporto Ronaldo quer "fazer história na Juventus" e garante continuar na selecção portuguesa

Ronaldo quer "fazer história na Juventus" e garante continuar na selecção portuguesa

Ronaldo foi apresentado hoje apresentado em Turim.
Record 16 de julho de 2018 às 17:59
Na apresentação oficial como jogador da Juventus, Cristiano Ronaldo afirmou que a transferência "foi uma decisão fácil, vendo o poderio que tem a Juventus, uma das melhores equipas do Mundo, uma decisão que já vem ao longo do tempo. Sempre disse que era um clube no qual gostava de jogar, desde miúdo. Foi um passo importante na minha carreira, um clube habituado a ganhar, grande treinador e jogadores, e presidente."

O português adiantou que a saída para a Juventus não estava decidida na final da champions. "Nessa noite não me passava pela cabeça jogar num clube desta dimensão. Mas obrigado ao presidente por apostar em mim. É uma forma de eles verem que a idade não é importante. Não é um factor, como não foi, por isso a transferência em si, os números que se falam deixam-me orgulhoso. Um veterano estar neste patamar... Sou diferente de todos os outros, com 32, 33 se calhar estão acabados, eu não. Sinto-me honrado por este clube apostar em mim, independentemente de ter 23 anos... ai desculpem, 33."

Agradecendo aos adeptos da Juve a recepção ao clube, Ronaldo adiantou que um dos objectivos passa por ganhar a Liga dos Campeões. "Sei que a Champions é um troféu que todos querem ganhar. Como disse o meu presidente, é uma prioridade mas não uma obsessão. Temos de estar tranquilos, a Champions é muito difícil de ganhar. A Juve esteve muito perto, nos últimos 4 anos esteve em duas finais. Espero trazer sorte a esta equipa."

Admitiu que o desafio que tem pela frente "vai ser difícil, mas na minha carreira nunca foi fácil. Mas estou confiante, tenho a certeza de que as coisas vão correr bem. Vou dar o meu melhor, tenho de estar tranquilo".

Sobre a carreira no Real Madrid, diz que o clube espanhol "ajudou-me em tudo mas esta é uma nova etapa na vida. Estou muito feliz, parece que estou agora a começar a jogar futebol, motivado e concentrado para demonstrar aos italianos que sou um jogador de topo. Vou preparar-me bem. Não penso que tenha de demonstrar nada a ninguém, mas tenho ambição. Não gosto de estar cómodo. Quero fazer história naJuventus. Nunca estou contente."

Negando estar triste com o Real Madrid, Ronaldo afirmou que "há jogadores com a minha idade que vão paraQatar, China... Eu não. Estou feliz. Agradecido àJuventus por me dar oportunidade de continuar a carreira."

Sobre Selecção portuguesa "diz que nunca vou virar as costas ao meu país, sempre que tiver força para ajudar o meu país, irei fazê-lo."

Acompanhe no Record a apresentação de Cristiano Ronaldo em directo.







Saber mais e Alertas
pub