Europeu Marcelo pede a jogadores para pensarem "nos milhões de portugueses" e não nas carreiras

Marcelo pede a jogadores para pensarem "nos milhões de portugueses" e não nas carreiras

Esperando que Pepe possa estar "em boa forma" para o jogo de Portugal perante o País de Gales, o Presidente da República pediu aos jogadores para não pensarem nas suas carreiras.
Marcelo pede a jogadores para pensarem "nos milhões de portugueses" e não nas carreiras
Rui Ochoa/Presidência da República
Diogo Cavaleiro 06 de julho de 2016 às 14:59

A poucas horas da partida das meias-finais do Euro2016, Marcelo Rebelo de Sousa deixou um apelo à selecção nacional: se pensarem na "alegria" que vão dar aos milhões de portugueses, será mais fácil Portugal vencer ao País de Gales.

 

Aos jornalistas, na viagem a Trás-os-Montes (local onde também comentou as declarações de Mário Centeno sobre o desvio ao "plano" de 3.000 milhões de euros), o Presidente da República afirmou que os atletas "têm de pensar nos portugueses de todo o mundo". 

 

"Ao jogarem, pensem não neles, não nas carreiras mas nos milhões de portugueses para os quais aquilo que se passa naquele campo é fundamental", declarou aos jornalistas Marcelo Rebelo de Sousa, segundo transmitiu a SIC Notícias.

 

Embora admitindo como estranha a declaração sobre essa importância da vida dentro das quatro linhas, Marcelo referiu que o jogo é importante para "a alegria, para a esperança e para o sentir-se ser português". "Pensem nisso que isso ajuda a fazer vencer". O Presidente da República confessou que essa tinha sido já a mensagem deixada quando recebeu os jogadores. 

 

Nas suas respostas aos jornalistas, e depois de Pepe ter feito treinos condicionados nos últimos dias, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que é uma "peça-chave na defesa". "Vamos esperar que esteja em boa forma". 

 

É pelas 20:00 que Portugal defronta País de Gales para as meias-finais do Euro2016. 




pub