Energia  EDP vende 97 milhões de euros de défice tarifário

EDP vende 97 milhões de euros de défice tarifário

A eléctrica refere que este montante diz respeito ao défice tarifário de 2017, "relativo ao sobrecusto com a produção em regime especial".
 EDP vende 97 milhões de euros de défice tarifário
André Cabrita-Mendes 29 de janeiro de 2018 às 19:01
A EDP Serviço Universal vendeu 97 milhões de euros de défice tarifário de 2017. Desta forma, a eléctrica recebe este valor no imediato, passando os devidos recebimentos futuros a outras entidades.

A companhia diz que este montante diz respeito ao défice tarifário de 2017, "relativo ao sobrecusto com a produção em regime especial".

"Este défice tarifário resultou do diferimento por cinco anos da recuperação do sobrecusto de 2017 com a aquisição aos produtores em regime especial (incluindo os ajustamentos de 2015 e 2016)", segundo o comunicado da EDP divulgado esta segunda-feira, 29 de Janeiro.

Segundo o regime actual, toda a produção de electricidade em regime especial, a maioria energia renovável, é comprada pela EDP Serviço Universal. A empresa é depois reembolsada ao longo dos anos seguintes por este serviço.

A dívida tarifária é gerada para que os sobrecustos anuais com os incentivos à produção de electricidade em regime especial não sejam reflectidos logo na factura, o que iria provocar um aumento abrupto dos preços da luz.

Ao criar um passivo, atira-se para o futuro o pagamento gradual do valor que a EDP Serviço Universal tem a receber pela compra da electricidade, diluindo assim os efeitos dos sobrecustos nas facturas das famílias e empresas. De forma a receber o dinheiro mais cedo, a EDP tem vindo a desfazer-se gradualmente da dívida tarifária que detém, passando para terceiros os recebimentos futuros.

A dívida tarifária do sistema eléctrico nacional encontra-se actualmente nos 4.400 milhões de euros e deverá descer em 744 milhões ao longo de 2018 para os 3.600 milhões. A dívida atingiu um pico em 2015 quando chegou aos 5.080 milhões de euros.

Na última destas operações, efectuada em 2017, a EDP vendeu um total de 584 milhões de euros em défice tarifário. Ao longo do ano passado, a eléctrica alienou mais de mil milhões de euros.

Em Dezembro, o Governo anunciou uma descida na taxa de juro paga à EDP pela dívida tarifária em 2018, de 1,88% para 1,49%. Uma descida que aliviou a factura da electricidade no mercado regulado em 2018 em 11,8 milhões.



pub