Tecnologias  Huawei lança Mate 9 em parceira com a Porsche

Huawei lança Mate 9 em parceira com a Porsche

A fabricante chinesa lançou o modelo mais caro de sempre da marca: o Mate 9 em parceria com a Porsche.
 Huawei lança Mate 9 em parceira com a Porsche
Negócios 03 de Novembro de 2016 às 15:30

A Huawei apresentou esta quinta-feira, 3 de Novembro, dois novos membros da família Mate. O novo phablet da fabricante chinesa, Mate 9, vai estar disponível em duas versões: uma standard e uma com ecrã curvo, semelhante ao Galaxy Edge da Samsung.

O modelo com ecrã curvo conta com a parceria da Porsche e é o smartphone mais caro de toda a gama da Huawei, conhecida pelos modelos com preços acessíveis.

Agora, com esta recente aposta, a marca parece querer ‘atacar’ o segmento de smartphones topo de gama, liderado pela Samsung e pela Apple.

O Mate 9 Porsche Design tem um ecrã de 5,5 polegadas e resolução de 2K. E a versão com 6GB de RAM e 256GB vai custar 1.395 euros, um valor superior ao do iPhone 7.

A outra versão do Mate 9 tem um ecrã maior, com 5.9 polegadas de ecrã, câmara com 8 megapixéis e 64G de memória, custará cerca de 700 euros.

Segundo a Huawei, o Mate 9 "é o smartphone mais poderoso do mundo". E de acordo com os testes realizados pela fabricante chinesa o software do Mate 9 teve uma performance 80% superior do que os principais concorrentes após um ano de utilização.

Ben Wood, analista da CCS Insight, disse à CNBC que esta nova aposta da marca chinesa "mostra quão ambiciosa é a Huawei" e "reitera as previsões de que a Huawei está a ser reconhecida como a nova grande força do mercado de smartphones".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub