Automóvel  Mercedes apresenta descapotável eléctrico de luxo

Mercedes apresenta descapotável eléctrico de luxo

Com uma autonomia para 500 quilómetros, o Vision Mercedes-Maybach 6 Cabriolet tem uma velocidade máxima de 250 quilómetros por hora.
André Cabrita-Mendes 21 de agosto de 2017 às 11:11
A Mercedes desenhou o descapotável de luxo do futuro.  O Vision Mercedes-Maybach 6 Cabriolet foi apresentado na Califórnia e é a versão descapotável do protótipo lançado em 2016, o Vision Mercedes-Maybach 6 Coupé.

O automóvel tem uma potência de 550 kilowatts, o equivalente a 750 cavalos, permitindo uma autonomia de 500 quilómetros.

O Vision Mercedes-Maybach 6 Cabriolet tem quase seis metros de comprimento e a marca não pretende lançar no mercado este automóvel, servindo apenas de referência para o que serão os automóveis da marca no futuro.

O modelo tem uma velocidade máxima de 250 quilómetros por hora, com a capacidade de ir dos zero aos 96,6 quilométros por hora em menos de quatro segundos.

"Este protótipo é sobre beleza", disse o presidente executivo da Mercedes-Benz, Dietmar Exler.

A marca alemã destaca o design da traseira semelhante a um "iate de luxo", com o tema naútico a estar presente no protótipo também devido à sua cor azul marinho metalizado, que contrasta com o branco do tejadilho e do interior do veículo.

"Temos a Mercedes Maybach como a nossa marca de luxo e vamos expandir esta marca. Não conseguem imaginar onde é que vamos estar dentro de 10 anos", afirmou, por seu turno, o director de design da Daimler, Gorden Wagener.

A Maybach foi fundada na Alemanha em 1909. Mais tarde, foi comprada pela Daimler em 1960. Em 2002 foi lançada novamente, mas as vendas abaixo do esperado levaram a Daimler a transformá-la numa sub-marca de luxo da Mercedes-Benz.

A carregar o vídeo ...



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 21.08.2017

Não há grande razão para discutir soube um carro que é apenas um conceito, mas para quê insistir com a grelha?

pub