Media  Sporting garante patrocínio da Super Bock por mais uma época

Sporting garante patrocínio da Super Bock por mais uma época

A Super Bock renovou por mais um ano o patrocínio nas camisolas do clube de Alvalade. A parceria pode ser estendida até 2019.
 Sporting garante patrocínio da Super Bock por mais uma época
Sara Ribeiro 11 de Novembro de 2016 às 15:46

O Sporting vai contar com o patrocínio da Super Bock por mais uma época. A renovação do contrato de parceria até à época desportiva 2017/2018 foi anunciada esta sexta-feira pela Unicer, dona da Super Bock, sem revelar valores.

O contrato inclui a opção de estender por mais uma temporada o patrocínio, ou seja, até à época 2018/2019.

Com a renovação desta parceria, que se iniciou em 2009, o Sporting garante mais um patrocínio na camisola depois de no passado ter fechado acordo com a Nos.

Desde 1 de Janeiro deste ano que a operadora passou a ser o principal patrocinador das camisolas da equipa principal de futebol profissional do clube de Alvalade, no seguimento do acordo assinado no final de 2015 que inclui a distribuição da Sporting TV e dos direitos de transmissão dos jogos em casa.

O contrato de patrocínio assinado pelos presidentes da Unicer, Rui Lopes Ferreira, e do clube leonino, Bruno de Carvalho, "mantém a Super Bock como um dos principais patrocinadores do Sporting, com visibilidade nas camisolas de jogo da equipa de futebol profissional", mas também " nos equipamentos de treino e de saída dos jogadores e da equipa técnica".

A renovação da parceria, cujos valores de investimento não foram divulgados, garante também "a continuidade das iniciativas da marca de cerveja sob a chancela Super Bock Super Adeptos no Estádio José Alvalade" e "posições estratégias no estádio e na Academia em Alcochete. Além disso, o acordo garante à Super Bock presença "nos suportes de comunicação do clube, nomeadamente na Sporting TV e plataformas digitais".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub