Energia Combustíveis descem na próxima semana

Combustíveis descem na próxima semana

A queda abrupta do petróleo e dos derivados nos últimos dias travou a subida acentuada observada no arranque da semana e permite que os preços dos combustíveis desçam nos postos de abastecimento a partir de segunda-feira.
Combustíveis descem na próxima semana
Reuters
Sara Antunes 10 de março de 2017 às 11:17

Os preços dos combustíveis vão descer na próxima semana, tendo em consideração a evolução dos preços das matérias-primas e do euro. Os cálculos do Negócios apontam para que os preços desçam 1,5 cêntimos na gasolina e no gasóleo. Uma evolução confirmada por fonte do sector.

 

O preço médio do gasóleo simples é actualmente de 1,277 euros e o da gasolina simples de 95 octanas é de 1,492 euros, segundo os dados disponíveis no site da Direcção Geral de Energia e Geologia.

 

Na próxima semana o preço deverá descer um 1,5 cêntimos por litro em cada um dos combustíveis. Será a segunda semana consecutiva no caso da gasolina.

 

A contribuir para esta evolução esteve o comportamento do petróleo e dos seus derivados nos mercados internacionais. O preço médio da gasolina desceu mais de 1,5% enquanto o do gasóleo diminuiu quase 2%.

 

Estas descidas reflectiram, sobretudo, os dados das reservas dos EUA. A Administração de Informação de Energia dos Estados Unidos revelou esta semana que as reservas de crude do país aumentaram em 8,21 milhões de barris na semana passada para um total de 528,4 milhões de barris, o nível mais elevado desde 1982. A subida foi muito superior ao esperado, na medida em que os analistas consultados pela Bloomberg antecipavam um acréscimo de apenas 2 milhões.

 

Esta evolução levou a que os preços do petróleo recuassem da fasquia dos 50 dólares por barril, pela primeira vez desde Dezembro. 

(Notícia actualizada às 14:28 com a actualização da descida de preços. Era referida uma descida de um cêntimo, mas a evolução das matérias-primas pontam para uma redução de 1,5 cêntimos)




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Chico esperto 10.03.2017

Ainda ando a mamar dos 4000 litros de gasóleo que comprei a 0,86€ quando comprei gasóleo para aquecimento em Janeiro de 2016.
O truque é ter 2 deposito e usar gasóleo de aquecimento lol

Johnny 10.03.2017

Ainda ando a mamar dos 2000 litros de gasolina que comprei a 1,19€ quando foi a grande queda há 2 anos
O truque é ter um deposito

Anónimo 10.03.2017

Petróleo desce tanto e os combustíveis tanto custa a descer e quando desce é apenas 1 misero cêntimo...mas quando for a subir é logo aos 2 e 3 cêntimos de cada vez....

Repsol 22 cêntimos a menos em Espanha 10.03.2017

Gasóleo Simples:
Repsol Porto: de 1.279 a 1,329 (ao gosto do freguês) (precoscombustiveis.dgeg.pt)
Repsol Tui (Espanha): 1.109 (geoportalgasolineras.es)
Entre 17 e 22 cêntimos de diferença!?! Não venham dizer que é só por causa dos impostos em Portugal!!

ver mais comentários
pub