Energia 500 oportunidades de emprego na primeira feira promovida pela EDP

500 oportunidades de emprego na primeira feira promovida pela EDP

A eléctrica liderada por António Mexia promove hoje a primeira feira de emprego destinada a aluno universitários. Vão ser dados a conhecer a duas centenas de estudantes oportunidades de emprego no universo EDP. Fonte oficial assume que “haverá cerca de 500 oportunidades de emprego”.
500 oportunidades de emprego na primeira feira promovida pela EDP
Miguel Baltazar
Negócios 31 de outubro de 2017 às 11:18

A EDP promove esta terça-feira, 31 de Outubro, a primeira feira de emprego destinada a estudantes universitários. "No EDP Open Day 2017, nove empresas do grupo vão dar a conhecer a cerca de 200 estudantes os seus projectos e oportunidades de trabalho", refere o comunicado enviado às redacções.

Fonte oficial da EDP disse ao Negócios que "haverá cerca de 500 oportunidades de emprego no EDP Open Day 2017, entre ofertas de estágio e de admissão".

No comunicado, a eléctrica liderada por António Mexia refere que "na última década, a EDP tem participado activamente em acções de atracção de talento e recrutamento, mas o grupo entendeu que deveria aprofundar ainda mais esta aposta. E, por isso, concebeu a sua própria feira de emprego, na qual vão participar alunos de universidades de referência em Portugal".

Neste evento, os alunos vão poder contactar com "empresas do grupo: EDP SA, EDP Comercial, EDP Inovação, EDP Produção, EDP Distribuição, EDP Valor, EDP Soluções Comerciais, EDP Renováveis e Labelec".

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub