Automóvel À beira da greve, Autoeuropa não negoceia com sindicatos
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

À beira da greve, Autoeuropa não negoceia com sindicatos

A Comissão de Trabalhadores bateu com a porta após o pré-acordo laboral ter sido chumbado. As negociações estão agora congeladas e a administração não aceita negociar com sindicatos e espera pela nova CT. Sem acordo, a greve de 30 de Agosto vai avançar.
À beira da greve, Autoeuropa não negoceia com sindicatos
Bruno Simão
André Cabrita-Mendes 02 de agosto de 2017 às 23:10

A administração da Autoeuropa só aceita negociar acordos laborais com a Comissão de Trabalhadores (CT).
As negociações para um acordo sobre a compensação pelo trabalho ao sábado estã)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião17
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas

O Chavismo é comprovadamente nocivo e está a infiltrar-se em Portugal por via da geringonça. Veja-se o caso da GM da Venezuela que encerrou recentemente por causa das cadeias de abastecimento terem colapsado. Mas Portugal ainda não é a Venezuela. Apesar do governo andar a tentar insistentemente a UE ainda serve de salvaguarda perante tal risco. Por quanto tempo? Não sabemos. Talvez até que os especuladores da dívida pública portuguesa tenham obtido todas as mais-valias que ambicionaram.

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

A Arrogancia dos sindicatos Irresponsaveis em Portugal, que nao sabem conviver com um pouco de bom senso este caso da WW e um bom exemplo! Ou aceitam ser gente civilizada ou vao perder tudo !!! Podem escrever la no caderninho, os tugas VAO PERDER A WW, porque ela e apetecivil e alguns paises da EU estao a espero do 1o. deslise TUGA para atacar !! Acordem porque vao perder TUDO eu DISSE TUDO !? NAO SEJAM IRRESPONSAVEIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Podem ir andando Há 2 semanas

Mudem para outro tipo de regime sem ser o democrático, temos pena

Não sou adepto de teorias da conspiração mas... Há 2 semanas

Têm a certeza que o gajos da república Checa não estão por trás dos sindicatos ou da CT? É que andam há muito tempo a tentar, com a WW, sacar esta fábrica para eles.
Ele há coincidências incríveis!!!

Mr.Tuga Há 2 semanas

Gentinha IRRESPONSAVEL e kamikaze....

No dia em que a WV resolver deslocalizar a fabrica para a Asia ou America Latina, vão chorar e pedinchar como bebes....

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub